Menu
Busca terça, 21 de setembro de 2021
(67) 99257-3397
PROJETO SATURNO

Universidade usa diversão para ensinar astronomia

03 setembro 2014 - 12h17

Promover o conhecimento em astronomia por meio de observações do céu noturno, com instrumentos ou a vista “desarmada” é um dos objetivos do Projeto Saturno, iniciativa da Uems (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) por meio do Núcleo de Divulgação Científica – NDC.

O intuito é fazer uma mostra itinerante de astronomia com uso de um planetário móvel. A exposição procura explorar de maneira lúdica, termos científicos e conceitos simples, mas de caráter útil no cotidiano, como forma alternativa, para através do céu, identificar os astros e suas posições, bem como as horas da noite e estações do ano, auxiliando na chamada alfabetização científica.

A Uems oferece três momentos no planetário itinerante, a exposição, observação e a capacitação dos professores. De acordo com o pró-reitor de extensão, Edimilson de Souza, “a exposição é o primeiro contato que a aluno tem com a astronomia, mas os cursos de capacitação auxiliam o professor à continuar o trabalho”, explica.

O colaborador do Núcleo de Divulgação Científica, Thiago Borges, ressalta a importância do Projeto Saturno para comunidade. “O trabalho busca popularizar o conhecimento científico. A ciência é uma arte que precisa de estímulos e paixão para pode ser transmitida, oferecer isso como um sonho e mostrar caminhos para realidade é o nosso papel”, explica Borges.

Na última semana, a exposição Do Mito ao Hubble percorreu três cidades do Mato Grosso do Sul, Bela Vista, Caracol e Porto Murtinho. Somente nessa mostra foram atendidas cerca de 2.150 crianças, mais de 350 pessoas compareceram nas observações noturnas com telescópios e aproximadamente 40 docentes participaram da capacitação.

A servidora da escola João José Leite da Silva polo de Caracol - MS, Rita Gutierres, diz estar encantada com a Mostra. “Fiquei apaixonada pelo projeto. Gostaria que mais crianças tivessem acesso a essa oportunidade. É uma forma fácil e eficaz de explicar ciência para os estudantes e toda população”, comenta. A aluna no 9° ano, Aparecida Vilalba, diz que emoção descreve o momento, “Fiquei emocionada com tudo aquilo, nunca tinha visto antes, e também é mais fácil de aprender”.

A exposição percorre todas as regiões do Estado de Mato Grosso do Sul (MS), e, de maneira simbólica, destaca as principais conquistas do gênero humano, desde a criação dos mitos, por diversos povos, em especial os ligados ao céu noturno, até as conquistas do espaço, com destaque para os satélites de observação astronômica como o Hubble.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Homem é preso com carro roubado no RJ que seria levado para a Bolívia
Homem é preso com carro roubado no RJ que seria levado para a Bolívia
IFA
Fiocruz recebe na quarta insumos para produzir 5,2 milhões de doses
NOVA ANDRADINA
Homem é preso pela após agredir esposa durante discussão
BRASIL
Governadores dizem que alta na gasolina é 'problema nacional'
Idoso morre após 1 mês internado e família procura ciclista suspeito
Idoso morre após 1 mês internado e família procura ciclista suspeito
REGIÃO
Mais Social: beneficiários já podem utilizar créditos nesta terça-feira
Mulher finge dormir e flagra marido estuprando neta de 9 anos
ESTADOS UNIDOS
Presidente Bolsonaro se reúne com primeiro-ministro britânico nos EUA
PEDRO JUAN
Irmãos executados na fronteira foram vítimas de fugitivo de presídio
DOURADOS
Vereadores aprovam programa de regularização de edificações

Mais Lidas

DOURADOS
'Buguinha' é presa e diz que matou caseiro por legítima defesa
EVENTO CLANDESTINO
PM encerra festa com pelo menos 2 mil pessoas em Dourados
DOURADOS
Envolvida em execução de detetive é presa novamente em Dourados
LOTERIA
Douradense fatura R$ 31 mil ao acertar na quina