Menu
Busca terça, 29 de setembro de 2020
(67) 99659-5905
ACIDENTE

Uma das vítimas de acidente que matou dois na Capital recebe alta

30 maio 2015 - 18h59

O rapaz de 21 anos, que foi levado para a Santa Casa de Campo Grande, após se envolver em um acidente no centro da Capital, que matou outros dois jovens e deixou um adolescente de 16 anos, em estado grave, recebeu alta hospitalar, após passar por avaliação médica.

O acidente ocorreu na madrugada deste sábado, dia 30 de maio, no cruzamento entre as avenidas Afonso Pena e Ernesto Geisel. Segundo o site Midiamax, o estudante Rodrigo Leite da Silva, de 13 anos, e o lavador de carros, José Felipe dos Santos Fernandes, de 21, não resistiram ao impacto da colisão e morreram no local.

De acordo com o BPTran (Batalhão de Polícia de Trânsito), as vítimas estavam em um veículo GM/Celta, de cor branca, com placas HSC-5253, de Campo Grande, que colidiu em uma caminhonete Toyota/Hilux, de cor prata, com placas de Maracaju.

Segundo as informações, o Celta seguia em alta velocidade pela Avenida Afonso Pena, sentido bairro/centro, quando colidiu com a Hilux que estava na Ernesto Geisel no sentido sul/norte. Com o impacto, o Celta rodou na avenida e parou no sentido contrário da pista.

O motorista da caminhonete, um comerciante de 47 anos de Maracaju, não sofreu ferimento.

Os sobreviventes que estavam no Celta foram socorridos por equipes do Corpo de Bombeiros e do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência). O adolescente, de 16 anos, permanece internado na ala vermelha do Pronto Socorro da Santa Casa.

###Suspeitas
A polícia investiga o motivo do acidente. Informações preliminares dão conta de que os ocupantes do Corsa estavam sendo perseguidos, sendo que um deles já estava ferido por conta de um tiro. Os jovens haviam saído da casa noturna ‘Empório Santo Antônio’, localizada no Bairro Santo Antônio, região oeste de Campo Grande, que já foi alvo de reclamações por conta do barulho, algazarra e furtos na localidade.

Neste primeiro semestre, houve um show que chegou a ser cancelado no local, por conta do linguajar utilizado pelo cantor, que é adolescente. A medida foi tomada por conta de uma intervenção do MPE (Ministério Público Estadual).



Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Financiamento Estudantil abrirá inscrições para 50 mil vagas remanescentes
DOURADOS
Convênio prevê 60 parcelas de R$ 215 mil para Missão Caiuá
CORUMBÁ
Mulher é autuada por atear fogo em resíduos na região do Pantanal
MATO GROSSO DO SUL
Neno Razuk distribui R$ 1,2 mi em emendas e realiza ações contra a Covid-19 durante a pandemia
FUTEBOL
Com vitórias simples nesta terça, Grêmio e Inter irão às oitavas da Libertadores
É LEI EM MS
Trote vai render multa de R$ 400 em MS
DOURADOS
Prefeitura aciona a Justiça para fazer licitação de R$ 23 milhões barrada pelo TCE
PANDEMIA
MS se aproxima de 69 mil casos de coronavírus e soma 1.293 óbitos
CPF NA NOTA
Sul-mato-grossense tem nova chance com 8º sorteio do Nota MS Premiada
RIBAS DO RIO PARDO
Advogado é autuado em R$ 27 mil por desmatamento ilegal em fazenda

Mais Lidas

POLÍCIA
Comerciante morre em acidente na MS-276
REGIÃO
Homem que disse ter encontrado mulher morta volta atrás e confessa feminicídio
LAGUNA CARAPÃ
Homem sente falta de esposa, vai procurar e a encontra morta em poço
DOURADOS
Festa com mais de cem pessoas é encerrada no Novo Horizonte