Menu
Busca segunda, 25 de maio de 2020
(67) 99659-5905
OPORTUNIDADE

Última semana para inscrição nas Feiras de Ciência e Tecnologia do IFMS

06 setembro 2017 - 18h50

As inscrições de trabalhos para as Feiras de Ciência e Tecnologia dos campi do Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS) podem ser feitas até 14 de setembro, quinta-feira da semana que vem.

As feiras serão realizadas em outubro nos municípios de Aquidauana, Campo Grande, Corumbá, Coxim, Dourados, Jardim, Naviraí, Nova Andradina, Ponta Porã e Três Lagoas, durante a Semana de Ciência e Tecnologia do IFMS.

O trabalho deve ser inscrito pelo orientador do projeto de pesquisa por meio do Sistema de Submissão e Avaliação de Projetos do IFMS, sendo que o mesmo deve ter vínculo empregatício com instituições de ensino ou ser servidor público.

Podem apresentar projetos de pesquisa estudantes do 6° ao 9° ano do ensino fundamental, do ensino médio ou do técnico integrado de nível médio de escolas públicas ou privadas, além de egressos do técnico integrado do IFMS que tenham terminado seus cursos após novembro de 2016.

Cada trabalho precisa ter um orientador e, no máximo, três estudantes, podendo ainda ter um coorientador. As pesquisas devem estar inseridas nas áreas de Ciências Biológicas e da Saúde; Exatas e da Terra; Humanas, Sociais Aplicadas e Linguística; Agrárias e Engenharias; e multidisciplinar, para projetos com mais de uma área de conhecimento.

As Feiras do IFMS são abertas às escolas da região. A área de abrangência de cada campus está disponível no edital de abertura, publicado no [endereço](http://www.ifms.edu.br/centraldeselecao).

Mais informações podem ser consultadas na página das Feiras de Ciência e Tecnologia do [IFMS](http://www.ifms.edu.br/semanact)

Seleção

Os trabalhos serão analisados por um comitê de pré-avaliação e seleção, formado por professores do campus onde cada feira será realizada. A análise será feita com base na documentação enviada, homologação das inscrições e avaliação dos resumos.

Serão analisados os critérios criatividade e inovação, conhecimento científico do tema, organização e clareza de ideias, e adequação à norma culta de linguagem. A lista de trabalhos selecionados deverá ser divulgada até 30 de setembro.

Os proponentes dos trabalhos selecionados deverão providenciar os itens necessários para apresentação nas feiras, como caderno de campo, relatório, pôster/banner, maquete/protótipo e apresentação oral, conforme orientações contidas no edital.

Premiação – Serão premiados os três melhores trabalhos de nível médio ou técnico integrado de nível médio, de cada uma das cinco áreas do conhecimento, além de projetos de nível fundamental.

Os melhores colocados nessas categorias serão credenciados para a Feira de Tecnologias, Engenharias e Ciências de Mato Grosso do Sul (Fetec-MS), que será realizada pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) em novembro, em Campo Grande.

Haverá ainda premiação para os melhores pôster/banner; maquete/protótipo; apresentação oral; relatório; e projeto na categoria nível médio/técnico.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PANDEMIA
Mato Grosso do Sul ultrapassa mil casos confirmados do novo coronavírus
DOURADOS
Prefeitura estende toque de recolher em 2h em Dourados
BRASIL
Inep ajusta prazos e procedimentos do Censo Escolar 2020
GELAAAAADOOOO!!!
Dourados tem maio mais frio em quatro anos
PANDEMIA
Após números baixos e aumento do coronavírus, população de Douradina ‘se isola’ e tem melhor índice de MS
PRECAUÇÃO
Após golpes na capital, Procon orienta fim de ambulantes em estacionamentos de comércios em Dourados
COVID-19
Mais da metade dos municípios de MS tem casos confirmados de coronavírus
ELEIÇÕES 2020
Sensatez em adiarmos as eleições para dezembro
BR-463
Abacaxi atômico: polícia encontra maconha misturada a frutas
SANEAMENTO
Com cobertura acima da média, Dourados deve universalizar rede de esgoto em 10 anos

Mais Lidas

TRAGÉDIA
Homem morre atropelado por rolo compactador
PANDEMIA
Dourados ultrapassa marca de 100 casos confirmados de coronavírus
MARACAJU
Homem morre após tentativa de fuga e troca de tiros com a polícia
MS-145
Motorista disse não ter visto momento que atropelou e matou ciclista