Menu
Busca sexta, 10 de julho de 2020
(67) 99659-5905
CRIME AMBIENTAL

Turistas são multados em R$ 2,7 mil por pesca ilegal

29 setembro 2017 - 16h50Por Da Redação

Policiais Ambientais de Aquidauana realizavam patrulhamento fluvial ontem (28) à tarde, nas proximidades do Pesqueiro Toca da Onça, no município e autuaram três pescadores, residentes em Cravinhos (SP), por pescar sem autorização ambiental.

Os pescadores, de 32, 34 e 62 anos, tinham no rio Aquidauana 30 kg de pescado das espécies pacu, cachara e piavuçu.

O pescado foi apreendido. Cada infrator foi autuado administrativamente e multado em R$ 900,00, perfazendo R$ 2.700,00. O pescado será doado para instituições filantrópicas.

ALERTA - A pesca sem licença não é crime ambiental, porém, a PMA alerta que é documento necessário para a pesca no Estado e sua falta caracteriza-se como infração administrativa, que prevê, além da multa mínima de R$ 300 até a máxima de R$ 10 mil, a apreensão de barco, motor, produto e material da pesca, bem como veículos utilizados.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Prova de vida de aposentados e pensionistas é suspensa até setembro
MEIO AMBIENTE
Dourados terá novo viveiro com capacidade para pelo menos 5 mil mudas
DOURADOS
Adolescente é flagrado com porção de maconha e pé do entorpecente em casa
POLÍTICA
Bolsonaro nomeia Milton Ribeiro como novo ministro da Educação
IMUNIZAÇÃO
Mato Grosso do Sul atinge meta e vacina 90,78% do público-alvo contra Influenza
PANDEMIA
Homem que estava internado em Dourados morre por covid-19
MERCADO IMOBILIÁRIO
3 táticas para atrair clientes no mercado imobiliário
DOURADOS
Full House Band movimenta fim de semana com live sertaneja "solidária"
POLÍTICA
Apoiadores do Bolsonaro espalham outdoors por Dourados e pedem respeito a democracia
ENTRETENIMENTO
8 séries na Netflix para os apaixonados por arquitetura

Mais Lidas

DOURADOS
Decreto vai mandar fechar bares e academias por 10 dias
DOURADOS
Publicado, decreto que fecha bares e academias por 10 dias poderá ser prorrogado
PANDEMIA
Pneumologista é o terceiro médico a morrer por covid-19 em Dourados
DOURADOS
Decreto é alterado e agora autoriza delivery e drive-thru para bares e conveniências