segunda, 15 de julho de 2024
Dourados
10ºC
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
GREVE

TST concede liminar aos Correios para manter efetivo de 80%

26 setembro 2017 - 11h43

Na tarde de ontem (25), o Tribunal Superior do Trabalho - TST acatou o pedido dos Correios e concedeu liminar determinando que as federações representantes dos trabalhadores dos Correios garantam o efetivo mínimo de 80% dos empregados em cada unidade dos Correios, sob pena de multa diária de R$ 100 mil no caso de descumprimento.

Embora levantamento desta terça-feira (26) mostre que 90,59% do efetivo dos Correios do Brasil não aderiu à paralisação — o equivalente a 98.350 trabalhadores, em algumas unidades a determinação do TST não está sendo cumprida. Em Mato Grosso do Sul, 85% do efetivo está presente e trabalhando – o que corresponde a 1252 empregados.

Nas localidades em que há adesão ao movimento, os Correios vêm realizando ações a fim de minimizar os transtornos à população. No último fim de semana (23 e 24) foram entregues mais de 1,7 milhão de objetos postais (entre cartas e encomendas).

Em todo o país, a rede de atendimento está aberta e todos os serviços, inclusive o SEDEX e o PAC, continuam disponíveis. Apenas os serviços com hora marcada (Sedex 10, Sedex 12, Sedex Hoje, Disque Coleta e Logística Reversa Domiciliária) estão com postagens suspensas para os seguintes destinos: Alagoas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Pará, Paraná, Paraíba, Piauí, Rio Grande do Sul e Santa Catarina, e para algumas cidades do interior de São Paulo e de Pernambuco. O volume dos serviços com hora marcada postado para esses destinos representa apenas 0,5% de todas as encomendas entregues pelos Correios e a suspensão foi realizada com o intuito de redirecionar os recursos para os demais serviços, que são os mais utilizados pelos clientes.

Na última sexta-feira (22), os Correios e a Federação Interestadual dos Sindicatos dos Trabalhadores e Trabalhadoras dos Correios (Findect) chegaram a uma proposta de Acordo Coletivo de Trabalho para o biênio 2017/2018, que contempla reajuste de 3% nos salários e benefícios a partir do mês de janeiro de 2018 e manutenção do ACT 2016/2017. A cláusula do plano de saúde continua sendo mediada pelo TST.

Hoje (26), a proposta será levada para as assembleias dos sindicados filiados à Findect. No momento, os Correios aguardam os resultados das assembleias.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA

Economia brasileira cresceu 0,25% em maio

Nova lei regulamenta profissão de técnico em nutrição e dietética
NORMAS

Nova lei regulamenta profissão de técnico em nutrição e dietética

Movimento abre inscrições com apoio de R$ 100 mil para projetos de MS; veja como participar
PRAZO

Movimento abre inscrições com apoio de R$ 100 mil para projetos de MS; veja como participar

PMA recebe 'sonômetro' para apoio nas ações em MS
EQUIPAMENTO

PMA recebe 'sonômetro' para apoio nas ações em MS

DOURADOS 

UFGD oferece 138 vagas para migrantes e refugiados interessados em cursar faculdade

BRASIL

Prorrogada para o dia 19 convocação de lista de espera do Fies

DOURADOS

Homem é preso com revólver no carro após denúncias de ameaça

DOURADINA

Disputa por terra termina com uma pessoa baleada

DOURADOS

Vendas do comércio para o Dia dos Pais devem ficar abaixo do registrado ano passado

OPORTUNIDADE

Inscrições para seleção de militares temporários do Exército terminam hoje

Mais Lidas

OPORTUNIDADE

Com recrutamento noturno, indústria abre 400 vagas de trabalho em Dourados

MS

Inscrições para o Curso de Libras EAD Nível I do 2º Semestre abrem dia 15 de julho

DOURADOS

Dupla acusada de furtar comércios e deixar prejuízo estimado em R$ 100 mil a empresários é presa

DOURADOS

Ministro admite atraso e prevê projeto de novo terminal do Aeroporto concluído até fim de julho