Menu
Busca terça, 01 de dezembro de 2020
(67) 99659-5905
FISCALIZAÇÃO

Tecnologia auxilia na apreensão de agrotóxicos irregulares em MS

22 outubro 2020 - 18h50Por Da Redação

O serviço de BI (Business Intelligence – Inteligência de Negócios) e de fiscalização da Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal) auxiliou no planejamento das operações Ronda Agro e Hórus, desencadeadas na segunda-feira (19) pelas autoridades de vigilância sanitária e de segurança pública da União e do Governo do Estado para a apreensão de agrotóxicos irregulares na região sul de Mato Grosso do Sul.

O objetivo da operação é coibir o comércio e o uso de agrotóxicos irregulares, sem registro no Mapa (Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento), com princípios ativos proibidos no Brasil e produtos contrabandeados dos países vizinhos. Dados parciais divulgados pela SFA/MS (Superintendência Federal de Agricultura e MS), indicam que já foram fiscalizadas 85 propriedades rurais, 258 veículos em rodovias e apreendidos 73 kg e aproximadamente 6 mil litros de agrotóxicos irregulares. A SFA/MS e a Iagro lavraram 13 termos de apreensões e autos de infração.

De acordo com o diretor-presidente da Iagro, Daniel Ingold, “a Iagro participou do planejamento da operação com o auxílio do BI (Business Inteligence) da Agência. Por meio do cruzamento das informações do registro de agrotóxicos existentes na base de dados da Iagro, foram levantadas situações suspeitas de produtores e elaborados mapas das propriedades em questão”. Ao todo, 8 equipes da Iagro, com 16 servidores, participaram das operações, com identificação e planejamento de logística.

A Operação Ronda Agro é coordenada pela Divisão de Defesa Agropecuária da SFA/MS e a Operação Hórus, coordenada pelas forças de segurança do Estado e apoio do Ministério da Justiça e Segurança Pública. Participam das operações conjuntas oito equipes de fiscalização, compostas pela Policia Militar (DOF, PRE), Iagro, PF, PRF e Auditores Fiscais Federais Agropecuários do Mapa, lotados nos estados de Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Mato Grosso, Paraíba, Mato Grosso do Sul e Brasília, além de auditores que atuam na Vigilância Agropecuária Internacional do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Vigiagro/Mapa).

Segundo o superintendente Celso Martins, da SFA/MS, a situação dos agrotóxicos irregulares no Mato Grosso do Sul é preocupante tendo em vista o aumento das apreensões de agrotóxicos irregulares no Mato Grosso do Sul nos últimos anos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVA ALVORADA DO SUL
Bebê de 1 mês é levada a hospital em estado grave e suspeita é de maus tratos pelo pai
JUSTIÇA FEDERAL
Minotauro e esposa tornam-se réus em mais uma ação por corrupção ativa
PGM entrega relatório com mais de 600 páginas a comissão
TRANSIÇÃO DE MANDATO
PGM entrega relatório com mais de 600 páginas a comissão
Homenagens para honrar o luto de seu pet
INFORME PUBLICITÁRIO
Homenagens para honrar o luto de seu pet
OPORTUNIDADE
IFMS oferece auxílio para trabalhos desenvolvidos por estudantes da pós-graduação
ECONOMIA
CNA prevê aumento da produção do agronegócio no próximo ano
INOCÊNCIA
Homem acaba preso após ameaçar grávida e chutar portão de residência  
PANDEMIA 
Ministério da Saúde concluirá plano de vacinação após registro de imunizantes
MATO GROSSO DO SUL
Reinaldo pede inclusão de rodovia Sul-fronteira no Orçamento da União
ALEMS
Aprovado projeto do deputado Marçal Filho que identifica autistas no RG

Mais Lidas

PODER PÚBLICO
Gaeco volta às ruas de Dourados com nova operação
POLICIAL
Criminoso imita abordagem de polícia para cometer roubo em Dourados
BR-376
Acidente entre Dourados e Fátima do Sul deixa um morto e dois feridos
PANDEMIA
Covid volta a matar e Dourados acumula 120 vítimas da doença