Menu
Busca sexta, 25 de setembro de 2020
(67) 99659-5905
PANDEMIA

Taxa de letalidade sobe para 1,7% em Mato Grosso do Sul

11 agosto 2020 - 14h29Por Da Redação/Portal MS

A taxa de letalidade subiu para 1.7% em Mato Grosso do Sul conforme dados oficiais da Secretaria de Estado de Saúde (SES). “Até ontem estava 1,6%. Já tivemos abaixo de 1%, mas tem crescido a cada dia. Mostra que ainda precisamos fazer muito para cessar o crescimento da doença aqui no estado”, declarou o secretário Geraldo Resende durante abertura da live desta terça-feira (11).

Nas últimas 24 horas foram confirmados 21 óbitos em decorrência da doença, sendo 10 em Campo Grande e cinco em Corumbá. Vicentina, Três Lagoas, Aquidauana, Naviraí, Porto Murtinho e Sidrolândia registraram um óbito cada. Desse total, quatro constam nos dados oficiais como nada relatado, e os demais possuem fatores de risco e comorbidades.

O mês de agosto já registra 136 vidas perdidas em decorrência da Covid, sendo 58 delas em Campo Grande. A média móvel dos últimos 7 dias no Estado está em 13,9 casos dia, e na Capital esse indicador é de 6,4 casos.

O número de casos confirmados ontem foi de 823, que representa um acréscimo de 2,6% ao quadro geral que possui 35.526 infectados desde o início da pandemia. As cinco cidades com maior número de casos positivos para o dia são: Campo Grande (323), Aquidauana (84), Sidrolândia (58), Miranda (28) e Corumbá (24).

Embora haja aumento de casos e óbitos, Mato Grosso do Sul abriu a semana com a taxa de distanciamento social na casa dos 35%, sendo o 6° estado com pior isolamento. O índice mantém a queda registrada em agosto, que no mesmo dia da semana passada foi de 36,7%. Para se ter uma ideia a média das segundas-feiras do mês de julho é de 37,6%.

O mapeamento por geolocalizador de celular também aponta que a segunda-feira (10) em Campo Grande foi de alta movimentação. A cidade tem a 3° pior taxa entre as capitais brasileiras com índice de 35% para esta segunda-feira.

Nos municípios do interior a taxa média de pessoas que permaneceram em casa varia entre 26,1% registrado em Novo Horizonte do Sul a 51,4% mapeada em Figueirão. Faça o download da relação completa de cidades sul-mato-grossenses aqui.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

REGIÃO
Homem é encontrado morto com tiro no pescoço em bairro da Capital
BRASIL
Presidente Bolsonaro sanciona lei que amplia uso de assinatura digital
MARACAJU
Polícia apreende mais de 500 quilos de maconha em veículo abandonado
MS
Investigação aponta fazendas onde começou incêndio gigantesco no Pantanal
ANTÔNIO JOÃO
Casal é preso na região de fronteira com 126 quilos de cocaína
UEMS
Publicado Edital da Segunda Edição do Auxílio para Acesso à Internet
CAPITAL
Motorista que levou dois tiros foi atacado em local conhecido como "Buracão"
PARQUE
Ação conjunta vai resgatar animais silvestres na área atingida pelos incêndios
BONITO
Indígenas "fecham" unidade da Funai em protesto contra nomeação
TJ/MS
Justiça permite troca de sobrenome de infantes para homenagear avô

Mais Lidas

PANDEMIA
Novo decreto diminui toque de recolher e libera venda de bebidas em bares até as 23h
ACIDENTE
Mulher envolvida em acidente no Centro ficou presa às ferragens de veículo
PROSSEGUIR
Governo atualiza mapa da Covid e Dourados volta para "bandeira vermelha"
POLÍCIA
Homem morre ao tentar invadir delegacia de Glória de Dourados