Menu
Busca segunda, 06 de julho de 2020
(67) 99659-5905
JUSTIÇA

Suspeita de identidade falsa faz juiz manter prisão do sucessor de "Minotauro"

24 janeiro 2020 - 07h08Por Da Redação

O juiz Marcelo Guimaraes Marques, da 2ª Vara Criminal de Ponta Porã revogou a liberdade concedida a Edson Barbosa Salinas, considerado o sucessor do narcotraficante Sérgio de Arruda Quintiliano Netto, o “Minotauro”. Ele está preso desde o último domingo, dia 19 de janeiro, após se envolver em briga de trânsito na cidade de Ponta Porã, na fronteira com o Paraguai.

O próprio Marques é quem havia arbitrado fiança de R$ 80 mil para a soltura de Edson, valor este que foi pago na manhã de ontem (23). No entanto, o juiz voltou atrás na decisão ao ser informado pelo MP/MS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul) que o narcotraficante pode ter apresentado uma identidade falsa às autoridades.

A suposta farsa veio à tona depois que a PF (Polícia Federal) apresentou ao Ministério Público, documentos que indicam que Edson Barbosa Salinas, seria na verdade Ederson Salinas Benitez. Segundo o site Campo Grande News, o juiz então revogou o alvará de soltura e pediu que a defesa do suspeito esclareça a informação e apresente uma copia da identidade paraguaia do indiciado.

O juiz, inclusive, liberou a restituição do valor pago de fiança e determinou uma nova perícia no celular do suspeito. A nova varredura deve ser feita sob a supervisão da Polícia Federal. Ainda não há a confirmação se Edson Barbosa já havia deixado a prisão, quando a sua soltura foi revogada.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Carro que atingiu ciclista pega fogo após bater em árvore ao lado de Avenida
TRAGÉDIA
Ciclista morre após ser atropelado por carro na Avenida Marcelino Pires
INFORMAÇÃO
Especialista recomenda prazo de adaptação à Lei de Proteção de Dados
PANDEMIA
Rio de Janeiro registra 10.667 mortes por coronavírus
CAMPO GRANDE
Moradores da Capital realizam ação solidária e arregacam 1t de alimentos
ESPORTES
Flamengo vence com tranquilidade e se aproxima do título estadual
DOURADOS
Acusado de matar secretário em Dourados acaba preso em barreira sanitária
LUTO
Martha Rocha, 1ª Miss Brasil, morre em Niterói, no Rio de Janeiro
PANDEMIA
Brasil chega a 1,6 milhão de casos confirmados de coronavírus
ECONOMIA
Pesquisa mostra potencial para a expansão do home office

Mais Lidas

POLÍCIA
Assassinado no Izidro é secretário de Agricultura Familiar de Dourados
DOURADOS
Ex-funcionário é o suspeito de matar secretário de Agricultura
DOURADOS
Antes do crime, homem que matou secretário havia sido demitido por não usar máscara
DOURADOS
“Um amigo, um conselheiro”, diz Délia após assassinato de secretário