Menu
Busca sexta, 18 de setembro de 2020
(67) 99659-5905
CAPITAL

Servidor da Saúde morre de covid-19 e colegas lamentam "descaso"

10 agosto 2020 - 22h05Por Da Redação

Profissional da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde de Campo Grande), Marcos Roberto Gasparetto Ferreira morreu na manhã desta segunda-feira, dia 10 de agosto, aos 51 anos, de covid-19. Obeso, amigos relatam que ele não teria outras comorbidades e lamentam o que chamam de “descaso” da secretaria com o servidor.

Segundo o site Campo Grande News, colegas de trabalho de “Marcão”, como era conhecido, reclamam que durante todo este dia, nenhuma nota de pesar foi emitida pela Sesau ou pela prefeitura em homenagem ao profissional, que teria ao menos 15 anos de serviços prestados ao Poder Público.

Nas redes oficiais da secretaria e da administração, realmente não havia nenhuma menção ao falecimento de Marcos até o fechamento desta matéria. “Sempre que alguém morre, há alguma homenagem, a gente vê isso nos sindicatos, nos hospitais, aqui na prefeitura não”, disse servidora, sem se identificar.

Para ela, médicos e enfermeiros são heróis, mas os que atuam na Saúde em outras áreas, são “lixo”. “Marcão era motorista, ia e voltava com os pacientes que fazem diálise, de segunda a segunda e não merece nenhuma homenagem nesse momento. Por que? Por que era motorista?”, questiona.

Para ela, “é triste ver que até agora, no meio da tarde, não teve nenhuma comoção. Ele já deve ter sido enterrado e não tem luto”, lamenta, relembrando que o colega era uma “profissional maravilhoso” e que prestou da melhor forma o serviço que fazia.

A servidora lamenta ainda o veto do prefeito Marcos Trad (PSD) ao adicional por insalubridade no salário dos servidores. “Além do prefeito ter vetado a insalubridade agora sequer se manifesta na morte de um funcionário. Nos vetam direitos constitucionais e agora até a dignidade”, relata.

Em resposta, a Sesau informou que setor da secretaria específico para casos de falecimento está em contato direto com a família de Marcos, “dando o suporte necessário para superar esse momento de uma perda incalculável”.

A pasta diz também que tem tomado todas as medidas de segurança com os servidores, “inclusive foi realizada uma testagem em massa no início do mês de junho”.

Sobre o adicional de insalubridade aos profissionais que atuam na linha de frente do combate ao novo coronavírus, o projeto de lei foi considerado irregular pela Procuradoria Jurídica da prefeitura, por extrapolar a competência da Câmara.

“Aprovado, ele infringiria o Princípio da Legalidade e da Separação dos Poderes para formalidade do ato, causando o seu indeferimento por inconstitucionalidade”, diz nota da Sesau, que inclui que a Lei 173, de 27 de maio de 2020, da Presidência da República, também foi levada em conta, já que “proíbe expressamente o  aumento ou vantagem em decorrência da pandemia do Covid-19, exceto quando derivado de sentença judicial”.

Marcos Roberto trabalhou normalmente até a última quarta-feira (05), conformema secretaria e até então, não havia apresentado nenhum sintoma. Ao passar mal no dia seguinte, passou por avaliação médica, sendo intubado no sábado (8) e falecendo hoje.

Minutos depois da publicação desta matéria, em sua página oficial no Facebook, a Sesau publicou nota de pesar pelo falecimento de Marcos. "A Sesau lamenta profundamente a morte por Covid-19 do servidor Marcos Roberto Gasparetto Ferreira, de 50 anos", começa o texto.

"Motorista da secretaria há 24 anos, Marcos sentiu-se mal na última quinta-feira, quando procurou atendimento médico e foi internado, com o estado de saúde agravado, precisou ser intubado nesse sábado, evoluindo para o óbito na manhã de hoje. A equipe da secretaria se solidariza com a dor dos familiares e se coloca a disposição para o que for necessário e estive ao nosso alcance", diz toda a nota, que leva ainda uma foto do servidor com a esposa.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

CRIME AMBIENTAL
Paulista é autuado em R$ 22 mil por desmatamento ilegal de vegetação nativa
FUTEBOL
Prefeitura do Rio autoriza volta do público aos jogos no Maracanã
CAPITAL
Um dia após pedir medida protetiva, mulher tem pertences incendiados
RECURSOS NATURAIS
Egressa da UEMS desenvolve cosméticos artesanais veganos
SÃO GABRIEL
Censurado, outdoor anti-bolsonarista amanhece com Artigo da Constituição
UFGD
Inscrições ao Vestibular de Licenciatura em Letras-Libras começam 2ª-feira
BRASILÂNDIA
Após ganhar liberdade, mulher que matou homem volta para prisão
RECURSOS
União deposita R$ 20 milhões da Lei Aldir Blanc para Mato Grosso do Sul
BATAGUASSU
Mulher é multada em R$ 3 mil por maus-tratos a seis cachorros
JUDICIÁRIO
Guedes é condenado a pagar R$ 50 mil por chamar servidores de parasitas

Mais Lidas

PERIGO POTENCIAL
Vendaval pode atingir Dourados e outras 35 cidades de MS, segundo alerta do Inmet
BNH III PLANO
Ladrões tentam invadir residência de juiz em Dourados
REGIÃO
Empresário é sequestrado e morto quando visitava túmulo do filho
ELEIÇÕES 2020
Convenções chegam ao fim e sete nomes são lançados à prefeitura de Dourados