Menu
Busca quarta, 15 de julho de 2020
(67) 99659-5905
OPERAÇÃO CAMBOTA

Serviços em prefeitura tiveram superfaturamento de quase 500%

12 setembro 2017 - 09h09

A Polícia Federal informou que os serviços prestados por mecânicas à prefeitura de Três Lagoas chegaram a registrar superfaturamento em quase 500%. Na manhã desta terça, 68 policiais cumprem mandados de condução coercitiva e busca e apreensão no município do Bolsão e em Dourados.

Até o momento não há informação de quantas pessoas estariam envolvidas com o caso em Dourados.

"Houve casos em que foi constatado superfaturamento na ordem de até 486% do valor das peças substituídas pelas oficinas mecânicas", relata em nota a Polícia Federal que realiza a ação em conjunto da CGU (Controladoria Geral da União).

Os investigados podem responder pelos crimes de organização criminosa, estelionato qualificado, corrupção ativa e passiva, cujas penas somadas podem chegar a 26 anos de prisão.

O ESQUEMA

As investigações dizem respeito ao período de 2015 e 2016, quando verificou-se que um grupo de servidores da prefeitura em associação com alguns empresários do ramo de oficinas, estariam direcionando e superfaturando serviços decorrentes de contrato de manutenção da frota de veículos da prefeitura Municipal de Três Lagoas.

Além do direcionamento dos serviços, verificou-se que o grupo criminoso gerou prejuízos estimados em até R$ 800 mil principalmente com sobrepreço nas peças e serviços prestados.

As investigações contaram com o apoio da Controladoria Geral da União – CGU em Campo Grande, que realizou minuciosa análise nos contratos e serviços prestados pelas oficinas envolvidas no esquema durante o biênio 2015/2016.

CAMBOTA

Cambota é o nome popular do virabrequim, peça responsável pela movimentação do automóvel. Como a fraude consistia em direcionar e majorar serviços nos automóveis da frota, o nome faz alusão à atuação policial, no sentido de desarticular a organização criminosa impedindo sua movimentação.

Os investigados serão conduzidos para a Polícia Federal em Três Lagoas, onde serão ouvidos e permanecerão à disposição da Justiça Estadual.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PANDEMIA
Mais três municípios solicitam à Assembleia reconhecimento de estado de calamidade
BRASIL
AGU pede ao STF que União defina aplicação de recursos da Lava Jato
MATO GROSSO DO SUL
Saúde divulga novo mapa hospitalar de leitos para coronavírus
BRASIL
Diabetes afeta rotina familiar de 80% dos pacientes, diz pesquisa
CAMPO GRANDE
Mulher é multada por atear fogo em resíduos no quintal
BRASIL
Indenização para profissional da saúde afetado por covid-19 é aprovada
MS
MPT solicita inspeção em frigoríficos para verificar medidas sanitárias diante de pandemia
CORUMBÁ
Suspeito de matar dona de restaurante é preso em motel
ECONOMIA
Dólar fecha em queda após atingir R$ 5,45
RESSOCIALIZAÇÃO
Estado lidera ranking de políticas positivas voltadas a presas

Mais Lidas

DOURADOS
‘Deus no comando amem’: antes de crimes, atirador postou pregação religiosa
BARBÁRIE
Homem assassina ex, atira em crianças e se mata no altar de igreja em Dourados
DOURADOS
Atirador baleou criança de quatro anos na cabeça ao abrir fogo para matar ex-mulher
DOURADOS
Atirador chegou em igreja na hora da comunhão e entrou dizendo ter feito bobagem