Menu
Busca sábado, 08 de agosto de 2020
(67) 99659-5905
ASSEMBLEIA

Seis projetos estão pautados para a Ordem do Dia desta terça-feira

07 julho 2020 - 09h29Por Da Redação

Os deputados estaduais por Mato Grosso do Sul devem apreciar nesta terça-feira (7) seis projetos que estão pautados para a Ordem do Dia, sendo cinco em segunda discussão, ou seja, que passaram em votação em primeira e já foram analisados pelas comissões de mérito e uma em primeira discussão, quando passará pela primeira votação em plenário, após receber parecer da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR).

Segunda discussão

Projeto de Lei 79/2019, de autoria do deputado Professor Rinaldo (PSDB), que dispõe sobre a inclusão do Ensino de Noções Básicas sobre a Lei 11.340/2006 - Lei Maria da Penha - como conteúdo transversal nas escolas públicas do Estado de Mato Grosso do Sul. A matéria obteve parecer favorável da Comissão de Educação, Cultura, Desporto, Ciência e Tecnologia.

Projeto de Lei 196/2019, também de Rinaldo, cria no cadastro dos programas sociais vigentes no Estado de Mato Grosso do Sul, o registro de informações sobre violência doméstica sofrida pela mulher cadastrada e dá outras providências. Pareceres favoráveis da Comissão de Serviço Público, Obras, Transporte, Infraestrutura e Administração e da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher e Combate a Violência Doméstica e Familiar. 

Projeto de Lei 22/2020, de Neno Razuk (PTB), assegura ao consumidor contratante de serviço público o direito de incluir o nome de seu cônjuge ou companheiro como adicional na fatura mensal de consumo. Recebeu parecer favorável por unanimidade da Comissão de Turismo, Indústria e Comércio.

Projeto de Lei 121/2019, também de autoria de Neno, que dispõe sobre a substituição do quadro negro por lousa branca revestida de vidro, nas escolas da rede pública estadual e dá outras providências. Parecer favorável da Comissão de Educação, Cultura, Desporto, Ciência e Tecnologia. 

Projeto de Lei 325/2019, de autoria do deputado Capitão Contar (PSL), que altera a redação e acrescenta dispositivos à Lei 3.637, de 04 de fevereiro de 2009, que "Institui o Programa Permanente de Combate aos Trotes Telefônicos aplicados contra os serviços de atendimento às chamadas de emergências e dá outras providências". A matéria recebeu parecer favorável da Comissão de Serviço Público, Obras, Transporte, Infraestrutura e Administração

Primeira discussão

Em primeira votação está pautado o Projeto de Lei 112/2020, da Mesa Diretora, que altera dispositivos da Lei n. 5.300, de 19 de dezembro de 2018; da Lei n. 4.601, de 11 de dezembro de 2014; da Lei n. 3.986, de 16 de dezembro de 2010 e da Lei n. 3.332, de 21 de dezembro de 2006, que recebeu parecer favorável por unanimidade da CCJR.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOF
Quatro veículos com cigarros que vinham para Dourados são apreendidos
UEMS
Mestrado em Ensino em Saúde abre inscrições a aluno especial e vinculado
POLÍCIA
‘Vou te matar na frente do seu filho’: Homem suspeita de traição e ameaça cunhado
JUDICIÁRIO
PGR recorre da decisão de Fachin que derrubou acesso a dados da Lava Jato
CAMPO GRANDE
Namorados que morreram em acidente trocavam juras de amor pela internet
INTERNACIONAL
Avião se parte em dois durante pouso na Índia e deixa 17 mortos
CAPITAL
Fogo se alastra para terrenos vizinhos depois de queimar 80 carros
EaD/UEMS
Inscrições para seleção de professores para graduação vão até 21 de agosto
COXIM
Caminhão tomba, uma pessoa morre e outra é socorrida em estado grave
Casa da Acolhida serve café da manhã em comemoração ao Dia dos Pais

Mais Lidas

INVESTIGAÇÕES
Polícia desarticula quadrilha responsável por furtos e tentativa de homicídio em Dourados
DOURADOS
Mãe e marido de adolescente de 12 anos são autuados por estupro de vulnerável
PANDEMIA
Com mais dois óbitos confirmados, Dourados chega a 61 mortes por coronavírus
DOURADOS
Equipe do Samu se desloca para atender vítima de facadas em bairro