segunda, 15 de julho de 2024
Dourados
10ºC
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
NOVELA

Retomada da obra do Aquário depende de ajustes com empresas, TCE, MPE e Judiciário

26 outubro 2017 - 08h27Por da Redação

A questão do Aquário do Pantanal finalmente caminha para uma solução. O Governo do Estado, através da Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra), está finalizando as negociações para eliminar os entraves legais para iniciar a retomada da obra, que fica no Parque das Nações Indígenas, na Capital.

De acordo com o secretário da pasta, Marcelo Miglioli, o governo está empenhado em resolver o assunto e está fechando um acordo com as empresas para dar continuidade às obras.

“Nós conseguimos criar alternativa para resolver a questão financeira, a única coisa que pesa é a questão jurídica ainda. Nós temos esse problema legal do aditivo que ultrapassa os 25%. Mas com a Egelte, por exemplo, praticamente finalizamos o acordo e com as demais [Climateck e Fluidra] devemos concluir na semana que vem”, explicou.

Ainda segundo Miglioli, depois que forem finalizados os acordos com as empresas, que precisarão de aditivos que ultrapassam os 25% previstos na Lei de Licitações, o caso será encaminhado para o Ministério Público Estadual (MPE) e para o Tribunal de Contas do Estado (TCE), para que eles deem a anuência.

“Vou levar ao judiciário também porque se eles não homologarem, se não tivermos essa segurança por parte dos órgãos fiscalizadores e do judiciário, não há como efetivar o acordo”. As negociações com a Egelte, Climateck e Fluidra apontam que para concluir a obra serão necessários mais R$ 37 milhões.

A obra

A obra do Aquário do Pantanal teve que ser paralisada pela última vez em junho de 2016, devido a falta de recursos para continuidade dos trabalhos da área civil. Desde então, o Governo do Estado vem tentando junto ao Tribunal de Justiça conseguir autorização para o aditivo que ultrapassa os 25% previstos em lei. Projetada para custar R$ 84 milhões, a obra do Aquário já consumiu R$ 200 milhões até o momento.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE

Projeto prevê atendimento on-line pelo SUS para gestantes de áreas rurais

Homem é preso com arma de fogo em carga de contrabando e descaminho
POLÍCIA

Homem é preso com arma de fogo em carga de contrabando e descaminho

Mercado reduz previsão da inflação de 4,02% para 4% em 2024
ECONOMIA

Mercado reduz previsão da inflação de 4,02% para 4% em 2024

Homem é flagrado após pular muro de residência para furtar fiação elétrica
DOURADOS

Homem é flagrado após pular muro de residência para furtar fiação elétrica

Salão do Turismo: Espaço exclusivo irá celebrar as principais festas culturais do Brasil
NOVIDADE

Salão do Turismo: Espaço exclusivo irá celebrar as principais festas culturais do Brasil

ECONOMIA

Economia brasileira cresceu 0,25% em maio

NORMAS

Nova lei regulamenta profissão de técnico em nutrição e dietética

PRAZO

Movimento abre inscrições com apoio de R$ 100 mil para projetos de MS; veja como participar

EQUIPAMENTO

PMA recebe 'sonômetro' para apoio nas ações em MS

DOURADOS 

UFGD oferece 138 vagas para migrantes e refugiados interessados em cursar faculdade

Mais Lidas

OPORTUNIDADE

Com recrutamento noturno, indústria abre 400 vagas de trabalho em Dourados

MS

Inscrições para o Curso de Libras EAD Nível I do 2º Semestre abrem dia 15 de julho

DOURADOS

Dupla acusada de furtar comércios e deixar prejuízo estimado em R$ 100 mil a empresários é presa

DOURADOS

Ministro admite atraso e prevê projeto de novo terminal do Aeroporto concluído até fim de julho