Menu
Busca sábado, 25 de setembro de 2021
(67) 99257-3397
INTERNACIONAL

Repórter americana se demite ao vivo para defender legalização da maconha

22 setembro 2014 - 19h25

G1

Uma jornalista de um canal do Alasca surpreendeu a todos quando anunciou ao vivo que pedia demissão para lutar a favor da legalização da maconha neste estado do nordete dos Estados Unidos.

Charlo Greene confessou ser proprietária do Clube Alaska Cannabis e aproveitou para dizer que deixava seu emprego no canal KTVA 11 News para dedicar-se a esta causa.

"Quanto a este trabalho, não tenho outra opção, mas me demito", afirmou ainda.

Depois da declaração, a câmera mostrou a âncora do telejornal que não conseguiu ocultar o espanto e pediu desculpas aos telespectadores.

Greene explicou posteriormente ao jornal Alaska Dispatch News que sua intenção foi chamar a atenção para a proposta de legalizar a maconha que será votada em novembro.

"Se ofendi alguém, peço desculpas, mas não me arrependo da escolha que fiz", enfatizou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO
Mulher é autuada em R$ 5 mil por desmatamento ilegal em área protegida
ANEEL
Conta de energia continua com bandeira vermelha em outubro
CAPITAL
Haitiano invade delegacia, detona viatura e dá prejuízo de R$ 25 mil
Inova Unigran inicia o evento "Investimento & Startup" na terça-feira
GERAL
Inova Unigran inicia o evento "Investimento & Startup" na terça-feira
Mulher inventa roubo de carro alugado e acaba autuada ao registrar BO
REGIÃO
TJ/MS implementará 100% dos serviços presenciais no dia 18 de outubro
VIOLÊNCIA
Homem volta com foice após falhar ao tentar matar homem a tiros
EDUCAÇÃO
UEMS realiza palestra sobre 'Leitura e Literatura para bebês e crianças'
BATAYPORÃ
Polícia Civil prende mulher condenada por tráfico de drogas
BRASIL
Ministro anuncia dose de reforço contra Covid a profissionais de saúde

Mais Lidas

DOURADOS
Homem é encontrado morto em casa por funcionária na Vila São Brás
RACISMO
Em SP, DJ Alok recorda exclusão de integrantes do 'Brô MCs' durante show em Dourados 
TRAGÉDIA 
Motociclista morre na BR-163 em Dourados após bater em uma capivara 
DOURADOS
Júri condena jovem que matou amiga com tiro na nuca e alegou 'acidente'