Menu
Busca quinta, 02 de julho de 2020
(67) 99659-5905
DOURADOS

Renato Câmara reforça pedido para que Escola Nelson de Araújo continue sob a gestão do Estado

11 dezembro 2019 - 15h50Por Da Redação

Após se reunir na semana passada com a secretária estadual de Educação Maria Cecília Amendola da Motta, o deputado estadual Renato Câmara  MDB) reforçou nesta quarta-feira (11) o pedido para que a Escola Rotary Doutor Nelson de Araújo, em Dourados, continue sob a responsabilidade do governo do Estado.

Em indicação apresentada na sessão desta quarta-feira da Assembleia Legislativa, o emedebista destacou que a proposta de municipalização da escola, apresentado pela SED (Secretaria Estadual de Educação), tem gerado um grande revolta entre professores, funcionários, pais e alunos, que temem que a mudança no modelo de gestão da escola possa resultar na queda da qualidade do ensino oferecido atualmente na instituição. Com 51 anos de serviços prestados à educação, a Escola é referência no ensino público em Dourados.

“A proposta de municipalização da escola tem movimentado toda a comunidade escolar. Conversamos com a diretora e funcionários e todos estão muito temerários quanto a possibilidade de municipalizar a gestão da escola. Estive na Câmara nesta semana e os vereadores também pediram nosso apoio para que a Secretaria Estadual de Educação possa rever essa medida e manter a Escola Nelson de Araújo sob o comando do governo do Estado. Estamos fazendo às articulações necessárias e esperamos que o governo seja sensível a esse movimento da comunidade”, destacou Renato Câmara.

Com aproximadamente 300 alunos que estudam do 1° ano ao 5° ano, a Escola Rotary Doutor Nelson de Araújo desde que passou a participar das avaliações de larga escala, aplicadas pelo MEC, vem apresentando resultados crescentes, ultrapassando a meta estabelecida para 2021 e ocupando o lugar de destaque no Estado com a nota do IDEB de 7,4 (2015). Atualmente, a Escola Nelson de Araújo tem a segunda maior nota do Estado nas avaliações do IDEB, entre as instituições de educação em séries iniciais.

No total, a proposta de reordenamento apresentada pelo governo do Estado inclui 13 escolas em oito municípios, sendo que cinco delas encerrariam as atividades e 8 passariam a ser municipais, ou seja, deixam de oferecer o ensino médio.

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

CRIME AMBIENTAL
Empresário é multado em R$ 5 mil por degradar área protegida durante construção
PANDEMIA
Números explodem e MS tem mais de 100 mortes por coronavírus
42 VÍTIMAS
Quase metade dos óbitos por Covid-19 em MS são da microrregião de Dourados
COTAÇÃO
Dólar fecha em alta e se aproxima de R$ 5,35
NOTA TÉCNICA
Com risco de colapso do sistema de saúde, entidades se unem para pedir “fique em casa”
FENÔMENO NATURAL
"Ciclone Bomba" deixa sul do Brasil e segue para oceano
NEGÓCIOS & CIA
O que é Marketplace? Saiba como este espaço pode aumentar as vendas da sua franquia
PANDEMIA
Estado de calamidade pública em Ivinhema é aprovado pela ALEMS
BRASIL
Congresso promulga emenda que adia eleições municipais para novembro
PANDEMIA
Profissional de saúde de Douradina é nova vítima do coronavírus em MS

Mais Lidas

REGIÃO
'Ciclone bomba' traz ventos fortes e alertas de granizo, chuvas e queda de temperatura a Dourados
PANDEMIA
MS soma mais cinco mortes de coronavírus; morador de rua douradense é uma das vítimas
POLÍCIA
Dupla é presa por tráfico de drogas no Dioclécio Artuzi
PANDEMIA
Dourados tem quatro mortes por Covid em 24 horas, uma das vítimas médico