Menu
Busca sexta, 27 de novembro de 2020
(67) 99659-5905
DOURADOS

Renato Câmara reforça pedido para que Escola Nelson de Araújo continue sob a gestão do Estado

11 dezembro 2019 - 15h50Por Da Redação

Após se reunir na semana passada com a secretária estadual de Educação Maria Cecília Amendola da Motta, o deputado estadual Renato Câmara  MDB) reforçou nesta quarta-feira (11) o pedido para que a Escola Rotary Doutor Nelson de Araújo, em Dourados, continue sob a responsabilidade do governo do Estado.

Em indicação apresentada na sessão desta quarta-feira da Assembleia Legislativa, o emedebista destacou que a proposta de municipalização da escola, apresentado pela SED (Secretaria Estadual de Educação), tem gerado um grande revolta entre professores, funcionários, pais e alunos, que temem que a mudança no modelo de gestão da escola possa resultar na queda da qualidade do ensino oferecido atualmente na instituição. Com 51 anos de serviços prestados à educação, a Escola é referência no ensino público em Dourados.

“A proposta de municipalização da escola tem movimentado toda a comunidade escolar. Conversamos com a diretora e funcionários e todos estão muito temerários quanto a possibilidade de municipalizar a gestão da escola. Estive na Câmara nesta semana e os vereadores também pediram nosso apoio para que a Secretaria Estadual de Educação possa rever essa medida e manter a Escola Nelson de Araújo sob o comando do governo do Estado. Estamos fazendo às articulações necessárias e esperamos que o governo seja sensível a esse movimento da comunidade”, destacou Renato Câmara.

Com aproximadamente 300 alunos que estudam do 1° ano ao 5° ano, a Escola Rotary Doutor Nelson de Araújo desde que passou a participar das avaliações de larga escala, aplicadas pelo MEC, vem apresentando resultados crescentes, ultrapassando a meta estabelecida para 2021 e ocupando o lugar de destaque no Estado com a nota do IDEB de 7,4 (2015). Atualmente, a Escola Nelson de Araújo tem a segunda maior nota do Estado nas avaliações do IDEB, entre as instituições de educação em séries iniciais.

No total, a proposta de reordenamento apresentada pelo governo do Estado inclui 13 escolas em oito municípios, sendo que cinco delas encerrariam as atividades e 8 passariam a ser municipais, ou seja, deixam de oferecer o ensino médio.

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Ex-servidora excluída de plano de saúde tem garantida manutenção como beneficiária
CAMPO GRANDE
Ex-servidora excluída de plano de saúde tem garantida manutenção como beneficiária
Entre aves e mamíferos, mais de 100 animais retornam à natureza após reabilitação no Cras
MEIO AMBIENTE
Entre aves e mamíferos, mais de 100 animais retornam à natureza após reabilitação no Cras
Com leitos de UTI lotados, prefeitura aumenta toque de recolher e manda fechar clubes
DOURADOS
Com leitos de UTI lotados, prefeitura aumenta toque de recolher e manda fechar clubes
Governo classifica Dourados com bandeira vermelha pela terceira semana seguida 
MAPA DA COVID
Governo classifica Dourados com bandeira vermelha pela terceira semana seguida 
Às vésperas de dezembro, ainda não há definição sobre horário estendido do comércio
DOURADOS
Às vésperas de dezembro, ainda não há definição sobre horário estendido do comércio
ELEIÇÕES 2020
TSE autoriza tropas federais em duas Capitais no segundo turno
CARTA MARCADA
Gaeco investiga empresas que atuam em prefeituras e Câmaras de MS
OPERAÇÃO VIGILANTE II
Operação termina com três foragidos presos e droga e armas apreendidas
PANDEMIA
Com nova 'onda' chegando, primeira morte de douradense por Covid completa 7 meses 
BRASIL
Maia: combate ao racismo deve ser agenda prioritária do Parlamento

Mais Lidas

DOURADOS 
Foragido, autor de homicídio condenado a 16 anos é preso no Novo Horizonte
DOURADOS
Júri condena membros de grupo de extermínio a mais de 100 anos de prisão
PEDRO JUAN
Quatro corpos são encontrados enterrados na fronteira
BONITO
Mãe de bebê também morre após carro bater em coqueiro na MS-382