Menu
Busca segunda, 23 de novembro de 2020
(67) 99659-5905
SAÚDE

Rede Cegonha é tema de palestra no Hospital Regional de Ponta Porã

22 janeiro 2020 - 17h35Por Da redação

Hospital é credenciado pelo projeto Rede Cegonha e propõe a melhoria do atendimento às mulheres durante a gravidez, parto e puerpério; unidade é gerenciada pelo Instituto Acqua por meio de parceria com a SES (Secretaria de Estado da Saúde) do Mato Grosso do Sul

O Hospital Regional Dr. José de Simone Netto, em Ponta Porã, gerenciado pelo Instituto Acqua em parceria com a SES, realizou recentemente palestra sobre o projeto Rede Cegonha, que promove atenção humanizada durante a gravidez, parto e puerpério. A atividade teve intuito de orientar os colaboradores sobre as boas práticas de humanização do parto, desenvolvimento do projeto e aleitamento materno.

“O Hospital é credenciado pelo projeto Rede Cegonha, programa do SUS (Sistema Único de Saúde) que propõe a melhoria do atendimento às mulheres durante a gravidez, parto e o pós-parto, e ao recém-nascido e às crianças até dois anos. Assim que o bebê nasce temos a hora de ouro, em que ele vai direto para o contato pele a pele com a mãe, onde é amamentado na primeira hora de vida e fazemos o corte do cordão tardio, permitindo que o recém-nascido receba nutrientes importantes para o desenvolvimento da criança”, explicou a coordenadora de enfermagem, Luciana Licha.

A maternidade do Hospital Regional de Ponta Porã conta com 19 leitos dispostos com alojamento conjunto, três salas PPP (pré-parto, parto e pós-parto), uma sala de estabilização para recém-nascido, uma sala de classificação de risco obstétrico, sala de observação, consultório médico e solarium para realização de encontros educacionais e arejamento para as gestantes.

A coordenadora de enfermagem ressalta ainda que a unidade cumpre os protocolos preconizados pelo Ministério da Saúde e boas práticas de partos internacionais. “Temos uma equipe de enfermeiros obstetras treinados para fazer parto humanizado, utilizamos equipamentos e métodos de alívio de dor não farmacológicos, tais como: bola de pilates, barra de apoio, som, exercícios e duchas quentes”, frisou.

Débora Aguilera, 20 anos, teve parto normal apoiada na bola de pilates. Ela e o marido, Vitor Afonso Barreto, 24 anos, elogiaram o atendimento realizado pela unidade. “Fomos bem atendidos. As enfermeiras nos apoiaram a todo momento e nos deixaram à vontade. Não imaginava que poderia ter o bebê em posturas não convencionais, gostamos da experiência” contou.

“Acompanhei de perto o parto da minha filha, foi emocionante e ganhamos um kit na saída que nos auxiliará nos primeiros cuidados com ela”, comentou Vitor.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Guedes anuncia que vai para o "ataque" com privatizações e reformas
ECONOMIA
Guedes anuncia que vai para o "ataque" com privatizações e reformas
Com novo avanço da Covid, secretário critica prefeituras: 'a eleição acabou'
MATO GROSSO DO SUL
Com novo avanço da Covid, secretário critica prefeituras: 'a eleição acabou'
Homem é esfaqueado após pegar bicicleta errada em bar
BATAYPORÃ
Homem é esfaqueado após pegar bicicleta errada em bar
MS brilha no Brasileiro de Canoagem Maratona e conquista 16 medalhas
PÓDIO
MS brilha no Brasileiro de Canoagem Maratona e conquista 16 medalhas
Fique livre do aluguel - compre seu terreno em Dourados
NEGÓCIOS IMOBILIÁRIOS
Fique livre do aluguel - compre seu terreno em Dourados
PANDEMIA
Butantan anuncia que testes da CoronaVac chegaram à fase final
MS
Após vazamento de amônia em frigorífico, 13 funcionários vão parar no hospital
ECONOMIA
Começa hoje a semana de educação financeira do Banco Central
INFORME PUBLICITÁRIO
Sebrae realiza evento sobre Liderança e Futuro do Trabalho
REGIÃO
Embriagado, homem acaba preso por agressão e ameaça contra a própria mãe

Mais Lidas

BATAGUASSU
Colisão entre motos termina com morte de entregador
PERIMETRAL
Pedestre morre após ser atropelado por carro de passeio e carreta 
DOURADOS
Carro invade parque no final da Avenida Marcelino Pires, cai em valeta e pega fogo
VIOLÊNCIA DOMÉSTICA
Homem ameaça ex com faca e apanha de vizinhos em Dourados