Menu
Busca quinta, 22 de outubro de 2020
(67) 99659-5905
NOVO PERÍODO

Prorrogado prazo para adequação das salas sanitárias nos aviários de MS

18 dezembro 2017 - 17h05

O Governo do Estado prorrogou o prazo para que os estabelecimentos avícolas providenciem a adequação de uma sala sanitária para cumprimento das exigências estabelecidas na Lei 13.064 que trata dos atos de registro, controle, fiscalização, inspeção ou vistoria de estabelecimentos e outros bens relacionados a aves comerciais em Mato Grosso do Sul.

Em cumprimento a exigências do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e buscando manter a excelência da sanidade avícola do Estado, foi determinado que os estabelecimentos avícolas de Mato Grosso do Sul construíssem uma sala sanitária para banho e a troca de roupas e calçados na entrada do núcleo.

A construção de uma sala, segundo explica a médica veterinária e coordenadora do Programa Nacional de Sanidade Avícola no Estado, , Janine Ferra Vieira de Almeida, não é uma exigência explicita do Mapa que, na normativa fala apenas em ‘troca de roupas e calçados na entrada do núcleo’, contudo, após várias discussões, entendeu-se que, o cumprimento se daria com maior efetividade com a construção da sala.

“A obrigatoriedade da medida de biossegurança, a serem aplicadas aos funcionários do núcleo e às pessoas alheias ao processo produtivo que tiverem acesso ao núcleo, foi estabelecida no Estado com um diferencial” comentou o diretor-presidente da Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (Iagro), Luciano Chiochetta.

O prazo para o cumprimento da medida foi prorrogado para 1º de janeiro de 2019, através de um decreto publicado nesta segunda-feira (18.12) no Diário Oficial do Estado(DOE).

Segundo o secretário de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), Jaime Verruck, a flexibilização do prazo não oferece riscos a sanidade avícola do Estado. “O trabalho de vigilância do Estado de Mato Grosso do Sul é modelo para o País. Somos pioneiros em diversas ações e precursores na organização de uma pauta nacional” completou, lembrando a realização, em outubro passado, do 1º workshop em sanidade avícola que reuniu coordenadores do programa nacional (PNSA) vindos de todo Brasil.

O entendimento para prorrogação do prazo se deu em consenso com o setor, mas segundo Jaime Verruck é importante que seja observado que o não cumprimento da medida, dentro do prazo, pode ocasionar o cancelamento do registro do estabelecimento. “A boa relação mantida entre o Governo do Estado e o setor produtivo é o que tem balizado nossas ações e garantido destaque para o trabalho de sanidade realizado pela nossa agência”, concluiu,

Deixe seu Comentário

Leia Também

LEGISLATIVO
Parlamentares devem apreciar três matérias na sessão desta quinta
TRÁFICO DE DROGAS
Jovens que saíram de Dourados são flagrados com maconha no interior paulista
COMER BEM
Dicas da semana para emagrecer sem dieta
DOURADOS
Dupla é presa após estourar porta de barracão e ser encontrada com fios furtados
INFORME PUBLICITÁRIO
Recauchutagem em maquinários agrícolas? Fale com a União Pneus
POLÍCIA
Caminhão carregado em Dourados é apreendido com 2,8 toneladas de maconha
JUDICIÁRIO
TJ/MS promove o 4º Seminário de Gestão Socioambiental na próxima semana
CAPITAL
Homem é preso após mulher reagir a assalto e derrubar ladrão de motocicleta
CLIMA
Previsões indicam que outubro deve acabar chuvoso em Dourados
REGIÃO
MS recupera mais de R$ 90 milhões de créditos em Dívida Ativa com o Refis

Mais Lidas

DOURADOS
Acidente entre carreta e motocicleta mata mulher na BR-163
HOMICÍDIO EM 2013
Condenada pela morte do ex em Dourados é presa na Capital
DOURADOS
Motorista bêbado causa acidente em semáforo da Avenida Marcelino Pires
DOURADOS
Carona de motociclista que morreu em acidente com carreta corre risco de ter perna amputada