Menu
Busca terça, 02 de junho de 2020
(67) 99659-5905
AMAMBAI

Prefeitura prorroga inscrições para 67 vagas e salários de até R$ 1.800

28 setembro 2017 - 11h13

A prefeitura de Amambai, cidade localizada na região de fronteira com o Paraguai, prorrogou as inscrições para o processo seletivo com 67 vagas e mais cadastro de reserva para professores.

As inscrições terminaram na última sexta-feira, dia 22 de setembro, mas foram prorrogadas até 23h59 do dia 02 de outubro. De acordo com o edital, o processo seletivo visa à contratação de pessoal, em caráter excepcional e temporário, em postos de trabalho, para o ano letivo de 2018/2019. O salário inicial é de R$ 1.203,99 ou R$ 1.809,97.

As inscrições para o processo seletivo deverão ser realizadas, via Internet, no endereço eletrônico. As vagas são para professores da zona urbana e de aldeias indígenas.


A prova objetiva, de caráter classificatório, será realizada na cidade de Amambai, com data provável de realização no dia 29 de outubro.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Tenente-coronel Wagner Ferreira assume o comando do DOF nesta terça-feira
PANDEMIA
Crescente da Covid-19 na Grande Dourados motiva pedido de barreira sanitária na Capital
POLÍCIA
Esposa procura delegacia após marido sumir ao sair para trocar pneus
SÃO GABRIEL
Prefeitura prorroga inscrições para concurso até o dia 14 de junho
AMAMBAI
Em Dia de Combate ao Feminicídio, mulher é agredida com facada nas costas
AJUDA DE 600 REAIS
Mais 2,7 milhões têm direito hoje a mais um lote do Auxílio Emergencial
EDUCAÇÃO
Ensino a Distância Unip Polo Dourados MS
A PARTIR DE HOJE
Via movimentada muda de sinalização no Parque Alvorada
BRASIL
Celso de Mello arquiva pedido de apreensão de celular de Bolsonaro
LOTOFÁCIL
Aposta feita em Rio Brilhante acerta 15 números fatura R$ 738 mil

Mais Lidas

DOURADOS
HU emite nota de esclarecimento sobre atendimento de mulher que morreu com Covid-19
PANDEMIA
Com mais 27 casos, Dourados ultrapassa 300 confirmações de coronavírus
PANDEMIA
Dourados registra mais 19 casos de coronavírus em 24 horas
6ª VARA CÍVEL
Empresário vai à Justiça contra toque de recolher em Dourados