Menu
Busca quinta, 22 de outubro de 2020
(67) 99659-5905
FISCALIZAÇÃO

Postos de combustíveis de MS serão alvo de campanha

08 janeiro 2018 - 15h05Por Da Redação

A campanha “Não passe do limite”, que visa salvaguardar a saúde de frentistas, consumidores e demais funcionários de postos de combustíveis de Mato Grosso do Sul será intensificada a partir de deste mês de janeiro porque ainda é grande o número de profissionais do setor (frentistas principalmente) que ainda não têm consciência da importância desse ato, para a preservação da sua própria saúde. A informação é do Sindicato dos Empregados em Postos de Combustíveis e Derivados de Petróleo de Mato Grosso do Sul – Sinpospetro/MS.

Os perigos de contaminação (câncer principalmente) são comprovados e são tão graves que a questão, de não se abastecer acima do automático dos veículos virou lei. Primeiro estadual e agora, federal, explica José Hélio da Silva, presidente do sindicato.

José Hélio informou que a entidade fez uma pesquisa no mercado e comprovou que muitos frentistas, principalmente, ainda perguntam ao consumidor que querem que o abastecimento continue acima do “click” do automático, que permite a inserção de mais alguns litros, variando de um veículo para outro. “Ora, se existem trabalhadores de nossa área que ainda não estão conscientes do perigo a que ficam expostos quando efetuam esse ato contra lei, precisamos intensificar nossa campanha que vimos desenvolvendo desde o final de 2016, com a participação e apoio de outros organismos como Ministério Público do Trabalho e FSSHT-MS (Forum de Saúde, Segurança e Higiene no Trabalho no Mato Grosso do Sul), entre outros”.

O Sinpospetro/MS, segundo o diretor Gilson da Silva Sá, confeccionou panfletos, folders e jornais educativos sobre a campanha “Não passe do limite”. Ele informou também que na região da Grande Dourados, onde foi fundado recentemente um sindicato, será desenvolvida também uma intensa campanha a partir deste mês.

José Hélio da Silva informou que tanto na Capital como no interior de Mato Grosso do Sul serão desenvolvidas essa campanha. Ele espera que os proprietários de postos também tenham consciência dos perigos do benzeno e que colaborem com essa campanha, não insistindo com seus funcionários para que influenciem os consumidores a abastecerem acima do automático para venderem mais combustível.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PARAGUAI
Ministra fecha presídio onde filha de servidor tentou entrar com dinamite
CONFRONTO DE VERSÕES
PGR diz que Flávio Bolsonaro não cometeu crime ao faltar à acareação
IVINHEMA
Homem procura delegacia após ser ameaçado pela esposa, 'vou te matar'
UEMS
Simpósio de Ensino em Saúde debate enfrentamentos e resiliência na área
TJ/MS
Queda de produtos da prateleira gera indenização de R$ 8 mil a mãe e filha
CORONAVÍRUS
Senador Arolde de Oliveira morre no Rio aos 83 anos vítima de Covid
CRIME AMBIENTAL
Trio é autuado em R$ 2,7 mil por pesca ilegal com petrechos proibidos
CORONAVÍRUS
Voluntário do teste da vacina de Oxford que morreu tomou placebo
REGIÃO
Homem é autuado por maus-tratos a cachorros
RELIGIÃO
Papa Francisco defende união civil entre gays: 'São filhos de Deus'

Mais Lidas

DOURADOS
Acidente entre carreta e motocicleta mata mulher na BR-163
HOMICÍDIO EM 2013
Condenada pela morte do ex em Dourados é presa na Capital
DOURADOS
Motorista bêbado causa acidente em semáforo da Avenida Marcelino Pires
DOURADOS
Carona de motociclista que morreu em acidente com carreta corre risco de ter perna amputada