Menu
Busca sexta, 26 de novembro de 2021
Dourados
32°max
21°min
Campo Grande
31°max
21°min
Três Lagoas
32°max
23°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
TRÁFICO

Policiais atiram contra pneu de caminhonete que carregava maconha

27 outubro 2020 - 08h36Por Da Redação

Durante uma perseguição ocorrida nesta segunda-feira, dia 26 de outubro, em Campo Grande, policiais do Batalhão de Choque atiraram contra o pneu de uma caminhonete GM/S-10, no bairro Jardim Noroeste, que carregava maconha que estava sendo levada para Goiânia. O motorista foi preso.

A perseguição começou por volta das 16 horas, quando o traficante estava trafegando com a camionete e fez uma manobra na contramão levantando suspeitas dos policiais que deram ordem de parada, que não foi obedecida pelo traficante.

Segundo o site Midiamax, o motorista fugiu em alta velocidade sendo perseguido pelos policiais, que pediram apoio fazendo uma barreira na BR-163, mas o traficante mudou o trajeto entrando no bairro Noroeste momento em que bateu em uma máqui8na agrícola lançando para fora da carroceria do carro vários tabletes de maconha.

Ele não parou continuando a fuga até que os militares atiraram contra os pneus traseiros da camionete parando o veículo. Foram encontrados nos bancos traseiros e na carroceria tabletes de maconha, num total de 984 quilos da droga, que seria levada para Goiânia.

A droga foi avaliada em R$ 984 mil, e o motorista iria receber R$ 15 mil pelo serviço. Ele foi levado para a delegacia.

As principais rotas do tráfico são para os estados Goiás, São Paulo e Rio de Janeiro chegando a estes estados valendo quase que o dobro da avaliação feita em Mato Grosso do Sul.

Desde a morte de Jorge Raffat em junho de 2016 há uma disputa na fronteira do Estado pelo controle do narcotráfico. As facções criminosas PCC e CV (Comando Vermelho) se uniram na época ao também narcotraficante Jarvis Pavão para a execução de Raffat que foi assassinado com 16 tiros de fuzil e Mag antiaérea.

Após a morte de Raffat as duas facções e Pavão entraram em briga, e a maioria dos membros da quadrilha de Jarvis acabaram assassinados pelos integrantes do PCC, que passaram a dominar a fronteira no tráfico de drogas e armas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

GAMELEIRA
Preso é ameaçado após acusações de integrar o Comando Vermelho
LESÕES NA PELE
Estudo associa surto de sarna ao uso indiscriminado de ivermectina
Vítima de homicídio não pode ser sepultada por falta de documento
Vítima de homicídio não pode ser sepultada por falta de documento
CULTURA
Mostra Audiovisual de Dourados anuncia vencedores das categorias
CAPITAL
Ferido com tiro na boca por PRF está na área vermelha de hospital
JUDICIÁRIO
2ª Turma do STF derruba bloqueio de bens de Lula pela Lava Jato
FRONTEIRA
Suspeito de ligação em sequestro e assassinato de colono é preso
IBGE
Censo 2022: Fundação Getúlio Vargas fará concurso para 206 mil vagas
AQUIDAUANA
Homem morre afogado após pular em rio para fugir de fiscalização
NÚMEROS DA PANDEMIA
Com 303 óbitos em 24h, média móvel de mortes volta à estabilidade

Mais Lidas

ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Jovem é preso após manter relacionamento com menina de 11 anos em Dourados
DOURADOS
Menina diz que mantinha relações sexuais com acusado de estupro desde os 10 anos
CANIS E URANO
PF deflagra operações com alvos em comum e cumpre mandados em Dourados
DOURADOS
TJ revoga ordem para policial pagar pensão à família de homem que matou no cinema