Menu
Busca segunda, 28 de setembro de 2020
(67) 99659-5905
CAPITAL

Polícia identifica marca em touro descontrolado e tenta rastrear dono

17 fevereiro 2020 - 21h35Por Da Redação

Técnicos do IPC (Instituto de Perícias Científicas) e Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária e Vegetal) identificaram o símbolo, marcado a ferro do couro do touro descontrolado, capturado na semana passada na Avenida Gury Marques, em Campo Grande. A marca vai possibilitar rastrear o animal no cadastro de bovinos do Estado.

“Nesse cadastro constam os registros de todos que têm fazendas legalizadas. Vamos tentar identificar se essa marca está na lista e, assim, chegar ao dono”, explica a delegada Célia Maria Bezerra da Silva, da 4ªDP (Delegacia de Polícia), responsável pelo caso.

De acordo com a delegada, investigação já identificou que o touro caminhou na Avenida Gury Marques desde a região das Moreninhas, até o cruzamento com a Avenida Guaicurus, onde foi resgatado.

“Existem várias propriedades naquela região e estamos indo em todas. Diariamente também recebemos denúncias e estamos verificando todas elas”, afirma.

Caso o proprietário do animal não se apresente até o fim desta semana (21), o touro deve ser doado para entidades sem fins lucrativos, como a Fazenda Escola da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul).

Conforme a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) se o proprietário se apresentar dentro do prazo, deverá pagar uma guia referente aos custos do resgate do animal, no valor de R$46,60, e um auto de infração por manter o animal em via pública, que varia de R$100 a R$15 mil, podendo ser maior dependendo da gravidade do caso.

O caso

Na quarta-feira (12), o animal que seria aparentemente da raça Nelore, causou grande confusão por pelo menos 8 horas no cruzamento das avenidas Gury Marques e Guaicurus, no bairro Universitário.

Após muita correria, perseguição a policiais, bombeiros e até profissionais da imprensa que estavam no local, e ferir um homem, o touro foi contido e levado pelo CCZ (Centro de Controle de Zoonoses). O órgão possui uma parceria com uma empresa que faz o resgate desses animais de grande porte.

O homem, de 40 anos, que teve o pulmão perfurado no ataque, foi liberado do hospital na tarde desta segunda-feira (17), após cinco dias internado. Conforme a assessoria da Casa Casa de Campo Grande, seu quadro de saúde é estável, mas foi necessário dreno de tórax do lado esquerdo para auxiliar na recuperação. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

PANDEMIA
Dourados registra 94º óbito por Covid e atinge média de 53 novos casos por dia
DOURADOS
PRF receberá terreno do Município para construir delegacia
BRASIL
Prova de vida de servidores aposentados é suspensa até 31 de outubro
MATO GROSSO DO SUL
Governo simplifica emissão de certidões negativas de débitos pela Sefaz e PGE
REGIÃO
Polícia apreende grande quantidade de produtos de descaminho em MS
ECONOMIA
Contas públicas podem ter déficit de R$ 871 bilhões este ano
DIA DAS CRIANÇAS
Procon Estadual pesquisa variação de preços dos brinquedos
REGIÃO
Homem ameaça trabalhador e acaba preso por perturbação
POLÍTICA
Governo federal anuncia criação do programa Renda Cidadã
TRÊS LAGOAS
Quatro são pegos com objetos que seriam trocados por drogas

Mais Lidas

ATO DE FÉ
Após vigílias em frente a hospital, família celebra 'milagre' por homem que caiu do telhado
CAMPO GRANDE
Gêmeos são executados dentro de quitinete
POLÍCIA
Comerciante morre em acidente na MS-276
DEODÁPOLIS
Homem morre ao bater moto de frente com caminhonete da patroa