Menu
Busca terça, 29 de setembro de 2020
(67) 99659-5905
REGIÃO

PMA autua capataz de fazenda por criar macaco-prego ilegalmente

17 junho 2015 - 16h30

A PMA (Polícia Militar Ambiental) de Miranda em operação nas propriedades do município autuaram na tarde de ontem (17) um capataz de fazenda, de 45 anos, por manter em cativeiro um animal silvestre da espécie macaco-prego sem autorização ambiental.

O animai estava em uma fazenda a 80 km da cidade de Miranda, em um recinto, amarrado a uma corrente ligada a uma coleira, porém, não apesentava sinais de ter sofrido maus-tratos.

O macaco foi apreendido e os policiais aplicaram um auto de infração e arbitrou multa administrativa no valor de R$ 500,00 contra o infrator.

Ele foi conduzido à delegacia de Polícia Civil de Miranda e responderá por crime ambiental. Se condenado, poderá pegar pena de seis meses a um ano de detenção. O animal será encaminhado ao Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (CRAS), em Campo Grande.

Deixe seu Comentário

Leia Também

NÚMEROS DA PANDEMIA
Brasil tem menor média de Covid desde junho; mortos passam de 143 mil
UEMS
Simpósio de Ensino em Saúde recebe submissão de trabalhos até 5 de outubro
BRASIL
Bolsonaro sanciona lei com pena maior, para maus-tratos contra cães ou gatos
CAPITAL
Mulher que dá cerveja a "boi" é localizada e vai responder por maus-tratos
POLÍCIA
Apreensão de carga milionária de maconha aconteceu próximo ao rio Dourados
PRORROGAÇÃO
Auxílio emergencial: 5,7 milhões não vão receber as parcelas de R$ 300
MS convoca policiais militares da reserva para reforçar segurança nas ruas
EDUCAÇÃO
Uems realiza primeira formatura virtual durante pandemia da Covid
COTAÇÃO
Em dia de volatilidade, dólar fecha perto da estabilidade a R$ 5,64
DOURADOS
Sensação térmica passa de 37º e 'calorão' deve continuar até sábado

Mais Lidas

POLÍCIA
Comerciante morre em acidente na MS-276
REGIÃO
Homem que disse ter encontrado mulher morta volta atrás e confessa feminicídio
LAGUNA CARAPÃ
Homem sente falta de esposa, vai procurar e a encontra morta em poço
DOURADOS
Festa com mais de cem pessoas é encerrada no Novo Horizonte