Menu
Busca sábado, 23 de janeiro de 2021
(67) 99257-3397
CORUMBÁ

PF usa scanner e flagra 101 kg de cocaína em carreta

15 dezembro 2015 - 17h05

A Polícia Federal utilizou scanner para apreender 101,7 quilos de cocaína que estavam escondidos em uma carreta na manhã desta terça-feira (15) em Corumbá. O fato aconteceu por volta de 6h30 na BR-262, em Corumbá.

De acordo com o Diário Corumbaense, policiais desconfiaram do motorista que conduzia carreta com a carroceria vazia e o levaram até a sede da PF.

Agentes então pediram apoio da Receita Federal e, por meio do scanner, constataram que o motorista transportava os tabletes de droga escondidos na caçamba do veículo. Entorpecente foi retirado do compartimento com ajuda de equipe do Corpo de Bombeiros.

Militares utilizaram alavanca e punção para abrir três placas na lataria da carroceria da carreta para então ter acesso aos tabletes de cocaína.

Deixe seu Comentário

Leia Também

EDUCAÇÃO
Novos profissionais comemoram graduação em Medicina na UFGD
LEGISLATIVO
Projeto susta decisão da Receita Federal sobre exportação de suco de laranja
Jiboia é capturada nos fundos de residência em Bonito
MEIO AMBIENTE
Jiboia é capturada nos fundos de residência em Bonito
PANDEMIA
Número de casos de Covid-19 chega a 8,75 milhões no Brasil
REGIÃO
Sanesul apresenta investimentos em saneamento à prefeitura de Água Clara
IMUNIZAÇÃO
Projeto exige dados sobre raça, sexo e pessoa com deficiência em notificações de Covid
ESPORTE
Juventude bate Figueirense e segue na luta pelo acesso à Série A
Fisioterapia e Farmácia estão entre as profissões que mais crescem na pandemia
R$ 7,9 MILHÕES
Rede de coleta de esgoto avança em Guia Lopes da Laguna
Vestibular 2021
Em Amambai, Uems oferece vagas para cursos de Ciências Sociais e História

Mais Lidas

CENTRO
Primeiro acidente de trânsito com vítima fatal neste ano é registrado em Dourados
DOURADOS
Segundo corpo encontrado às margens da BR-163 é identificado
VIAGEM SANTA
PF deflagra operação contra tráfico de drogas em empresas de turismo religioso de Dourados
DOURADOS
Um dos corpos encontrados às margens da BR-163 foi quase decapitado