Menu
Busca domingo, 24 de outubro de 2021
(67) 99257-3397
MATO GROSSO DO SUL

Pavimentação da MS-389 'encurta' distância entre Japorã e Campo Grande

01 novembro 2020 - 10h35Por Da Redação

Principal reivindicação da comitiva de Japorã no Governo Presente, a pavimentação da rodovia MS-389 já está sendo executada. Durante a reunião, em outubro do ano passado, as lideranças municipais afirmaram que o Município “hoje é considerado fim de linha” e que a implantação da rodovia iria encurtar em 20 quilômetros a distância percorrida para chegar a Campo Grande. Japorã fica a 484 quilômetros da Capital, no extremo sul do Estado.

Quem sai ganhando com o investimento de mais de R$ 60 milhões do Governo do Estado é a população, principalmente produtores, assentados e indígenas. "Estou há 35 anos sofrendo. Passar a máquina já não adiantava mais. Com o movimento intenso de caminhões, a estrada ficava ruim já no dia seguinte depois da manutenção. Só temos a agradecer ao governador [Reinaldo Azambuja] por essa obra", contou o produtor rural Luiz Venâncio da Silva.

Estão sendo asfaltados 39 quilômetros de Iguatemi a Japorã. A obra teve início em maio de 2020 e o prazo para conclusão do serviço é dezembro de 2021, totalizando 600 dias consecutivos. Também pelo Governo Presente, está sendo feito o recapeamento da Avenida Deputado Fernando Saldanha (41% executada) e já foi entregue a pavimentação e drenagem das ruas Naviraí, Ponta Porã e Sagarana.

Desde 2015, a administração estadual entregou diversas obras no município como o asfalto e drenagem de ruas em Japorã e no distrito de Jacareí, a ponte de concreto sobre o córrego que tem o mesmo nome da cidade e a ampliação do sistema de esgotamento sanitário. Entre obras concluídas, em execução e a executar no município, o investimento da Sanesul é superior a R$ 5 milhões.

Já a Agência Estadual de Habitação realizou o sonho de 287 famílias com a entrega de 236 moradias e 51 lotes urbanizados. E na área de educação, as duas escolas estaduais receberam  R$ 1,143 milhão em reformas e melhorias.

O governador Reinaldo Azambuja afirmou que os investimentos são resultados de um trabalho que envolveu medidas duras e até impopulares. “Diminuímos o tamanho da máquina pública, reduzimos os gastos com o próprio governo para investir no bem estar da população, fizemos as reformas e enfrentamos crises sem deixar de honrar nossos compromissos. Isso nos permitiu manter os investimentos nas áreas prioritárias e lançar o Governo Presente, que até o fim de 2022 vai injetar mais R$ 4,2 bilhões nos 79 municípios de Mato Grosso do Sul”, finalizou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TST considera fraudulento contrato de jogador e reconhece natureza salarial do direito de imagem
BRASIL
TST considera fraudulento contrato de jogador e reconhece natureza salarial do direito de imagem
LAVA JATO
Justiça Eleitoral vai julgar ação sobre empréstimo de R$ 12 milhões ao banco Schahin
MUNDO
Biden e Macron discutem defesa europeia e se reunirão em Roma
Jovem é autuado pela PMA por maus-tratos a uma cadela Pit Bull
MS
Jovem é autuado pela PMA por maus-tratos a uma cadela Pit Bull
Ministra Cármen Lúcia suspende reintegração de posse em Rondônia
STF
Ministra Cármen Lúcia suspende reintegração de posse em Rondônia
RIO MIRANDA
Catarinenses são multados em R$ 1,8 mil por pesca predatória em Bonito
JUDICIÁRIO
STJ define retorno de sessões presenciais para fevereiro de 2022 e dia de eleição para ministros
CAPITAL
Presidente do TJMS recebe medalhão comemorativo aos 100 anos da Justiça Militar
ROTINA
Trabalho híbrido pode piorar qualidade do sono, diz pesquisador
DOURADOS
Estado licitará na próxima semana R$ 20 milhões para revitalizar Coronel Ponciano

Mais Lidas

PRESIDENTE VARGAS
Escola dispensa alunos em Dourados após mensagens de ameaças
CÁRCERE PRIVADO
Tentativa de sequestro a criança termina com jovem preso em Dourados
DOURADOS
Print tirado de conversa entre alunos resultou em mal-entendido e levou pânico a escola
DOURADOS
Homem é removido de grupo de whats e procura a delegacia