Menu
Busca sexta, 22 de outubro de 2021
(67) 99257-3397
MÚSICA SERTANEJA

Parrerito, do Trio Parada Dura, morre aos 67 anos de Covid-19

14 setembro 2020 - 07h18Por G 1

O cantor Parrerito morreu por volta das 21h30 deste domingo, dia 13 de setembro, em Belo Horizonte, como informou a assessoria de imprensa do Trio Parada Dura. Diagnosticado com Covid-19, o músico estava internado desde o dia 29 de agosto e não resistiu às complicações da doença.

Eduardo Borges, conhecido como Parrerito, tinha 67 anos e era diabético. No último dia 31, ele teve um mal súbito e precisou ser levado para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital particular da capital mineira, onde permaneceu em estado grave.

Atualmente, o Trio Parada Dura era formado pelos músicos Parrerito, Creone e Xonadão. Os outros dois integrantes da banda fizeram o exame e testaram negativo para coronavírus. A esposa de Parrerito também foi diagnosticada com a Covid-19, mas se recuperava em casa.

Parrerito nasceu em São Fidélis, no Rio de Janeiro, mas construiu a carreira, com o Trio Parada Dura, em Minas Gerais. Ele morava com a família em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. O artista deixa esposa, filhas e netos.

Luto na música sertaneja

Nas redes sociais, famosos e amigos lamentaram a perda. "Mais um grande artista se foi... Descanse em paz, Parrerito! Que seja sempre lembrado por tudo de bom que fez pela música. Meus sentimentos à família, amigos e fãs!", publicou Bruno Belutti, da dupla Marcos & Belutti.

"Descanse em paz, #Parrerito!", escreveram João Neto e Frederico. "#RIPParrerito", disse Leonardo.

Trio Parada Dura

Parrerito entrou para o Trio Parada no lugar do irmão Barrerito, que sofreu um acidente aéreo na década de 1980, ficou paraplégico, e decidiu seguir carreira solo.

O fundador do grupo e último representante da formação original, Carlos Alberto Mangabinha Ribeiro, conhecido como Mangabinha, morreu em 2015 depois de ter um acidente vascular cerebral.

O Trio Parada Dura foi criado em 1971 e teve diversas formações ao longo da história. “Fuscão Preto", “Telefone Mudo” e "As Andorinhas" estão entre as músicas de maior sucesso gravadas pelo grupo.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

NÚMEROS DA PANDEMIA
Brasil ultrapassa 605 mil mortes; média móvel segue em queda
Casal que traficava drogas na aldeia é preso pela Polícia em Dourados
JAGUAPIRU
Casal que traficava drogas na aldeia é preso pela Polícia em Dourados
LEÃO
Receita Federal abre consulta a lote residual de Imposto de Renda
FRONTEIRA
Casal de idosos teria sido sequestrado e resgate seria de R$ 285 mil
ADMINISTRAÇÃO
Publicados editais dos processos seletivos da Funsau e Fundtur
Sob condição de buscar tratamento, "homem-aranha" é libertado
VACINAÇÃO
Liberado certificado de vacinação para quem tomou vacinas diferentes
Ao ver WhatsApp da filha, mãe descobre estupro de professor de 42 anos
COMER BEM
Prepare uma deliciosa coxa de frango na cerveja preta para o fim de semana
REGIÃO
Gavião encontrado ferido em córrego é resgatado por policiais

Mais Lidas

TRÁFICO
Mortos em queda de helicóptero com cocaína na fronteira são identificados
REGIÃO
Duas pessoas morrem carbonizadas após queda de helicóptero carregado com cocaína
JARDIM MÁRCIA
Bandidos fazem "limpa" em motel de Dourados e levam até carro
JARDIM MÁRCIA
Bêbado colide carro contra muro e acidente deixa três feridos em Dourados