Menu
Busca quarta, 30 de setembro de 2020
(67) 99659-5905
CPI DA ENERGISA

Parlamentares debatem perícia técnica de relógios

04 março 2020 - 08h26Por Da Redação

Os integrantes da Comissão Parlamentar de Inquérito - CPI da Energisa - discutiram os procedimentos iniciais para realização de perícia técnica em relógios de energia elétrica. A atividade foi um dos temas debatidos na reunião do grupo nesta terça-feira (3) na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALEMS). A Comissão investiga, desde novembro de 2019, possíveis irregularidades nas contas de energia elétrica em Mato Grosso do Sul.

“O presidente da Casa de Leis falou que aprovou o orçamento dos relógios e o orçamento dos medidores ainda estamos negociando com a Mesa Diretora para liberar”, afirmou o presidente da CPI, deputado Felipe Orro (PSDB). A solicitação com os orçamentos foi aprovada na última reunião do grupo e encaminhada à Mesa Diretora da Casa de Leis.

De acordo com o relator da CPI, deputado Capitão Contar (PSL), o orçamento prevê a perícia de 200 relógios em Campo Grande. A escolha dos equipamentos deve ser feita com base em lista de reclamações registradas no Procon.

O parlamentar solicitou a indicação de especialistas da concessionária de energia para a perícia. “Reitero requerimento feito à Energisa para que indique os nomes dos especialistas que farão e acompanharão a retirada dos relógios”, requereu o relator à empresa. “É muito importante o fato da Energisa se apresentar para a perícia. Quem não deve não teme. É a chance da Energisa tirar essa desconfiança dos consumidores”, destacou Venício Leite, criador do movimento popular “Energia cara, não”.

A previsão é que os equipamentos sejam enviados à Universidade de São Paulo (USP) - campus de São Carlos - onde devem ser analisados pela equipe técnica do Departamento de Engenharia da instituição e produzidos os laudos. Uma reunião entre os representantes da CPI e a equipe técnica da Energisa foi previamente agendada para que sejam discutidos os detalhes da perícia e traçadas as estratégias da atividade.

Requerimentos

Os parlamentares também aprovaram requerimentos para a continuidade das investigações sobre as contas de energia elétrica em Mato Grosso do Sul. Entre as principais solicitações está o envio de informações do Procon à CPI.

“O Procon é órgão de defesa do consumidor. Solicito que venham apresentar como o órgão tem agido frente às reclamações e denúncias. Encaminham ao Ministério Público? Aplicam multa? O pedido é para que forneçam ofícios e notificações feitos à Energisa e como têm resolvidos cada caso”, disse o deputado Lucas de Lima (Solidariedade). O deputado Renato Câmara (MDB) também reivindicou efetividade dos requerimentos. “Pedimos cobrança das respostas o mais rápido possível, precisamos de encaminhamentos práticos”, enfatizou.

Além disso, foram encaminhados requerimentos solicitando a participação, nas reuniões da CPI, de representantes do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) e do Ministério Público. “Precisamos de encaminhamento aos requerimentos apresentados. Diante da omissão das instituições, peço que sejam tomadas medidas. A CPI tem poder de polícia”, alertou o vice-presidente da CPI, deputado Barbosinha (DEM).

Foi convocado para comparecer à CPI um consumidor que, por meio de parecer técnico, atestou irregularidade na medição de consumo realizada por relógio em sua residência. A empresa Energisa também apresentou requerimento à Comissão solicitando informações sobre os procedimentos para aferições dos padrões; a escolha da USP para a perícia técnica; as normas aplicadas aos procedimentos; os prazos da perícia; entre outros.

Ao final da reunião, o presidente da CPI solicitou a participação e apoio dos cidadãos. “Eu sabia que essa CPI seria uma luta. A Energisa é uma empresa muito poderosa e, mais do que nunca, a CPI precisa da população ajudando, apoiando, denunciando e participando aqui”, finalizou Orro.

A próxima reunião da CPI está agendada para quarta-feira (11).

Deixe seu Comentário

Leia Também

PONTA PORÃ
Foragido da Justiça de 19 anos sofre tentativa de homicídio na fronteira
PRESIDENTE INVESTIGADO
STF tira do plenário virtual discussão sobre depoimento de Bolsonaro
TRÁFICO
Traficante de disk-droga é preso com porções de cocaína, moto e dinheiro
AJUDA
Caixa detalha calendário de pagamentos do auxílio emergencial extensão
CAPITAL
Hóspede é encontrado morto dentro de banheiro de hotel
FUTEBOL
CBF divulga tabela da 16ª à 20ª rodada; Fla fará dois jogos em 50 horas
REGIÃO
Polícia desarticula grupo que agia em cidades da região do Vale do Ivinhema
MADEIRA
Queimadas no Pantanal destroem oito pontes nas MS-243 e MS-195
BONITO
Vítima de estelionato arma emboscada e ajuda a prender golpista
TECNOLOGIA
Aplicativo do Detran-MS recebe atualização para serviços pelo celular

Mais Lidas

POLÍCIA
Comerciante morre em acidente na MS-276
REGIÃO
Homem que disse ter encontrado mulher morta volta atrás e confessa feminicídio
LAGUNA CARAPÃ
Homem sente falta de esposa, vai procurar e a encontra morta em poço
DOURADOS
Festa com mais de cem pessoas é encerrada no Novo Horizonte