Menu
Busca sexta, 27 de novembro de 2020
(67) 99659-5905
INTEGRAÇÃO

Parceria entre Estado e União garante mais recursos para a saúde de MS

17 fevereiro 2020 - 15h20Por Da redação

O apoio do Ministério da Saúde tem sido fundamental na reestruturação regional de saúde no Estado. Afirmou o governador Reinaldo Azambuja durante abertura do Encontro Estadual de Vigilância em Saúde nesta segunda-feira (17).

 “Maior recurso disponibilizado pelo Ministério da Saúde em toda história de Mato Grosso do Sul. Por exemplo, vamos finalizar até o meio do ano o Hospital de Três Lagoas, até o final do ano o Hospital do Câncer aqui em Campo Grande, todos os andares prontos e todos os equipamentos disponibilizados. Isso só foi possível com o apoio do Mistério da Saúde”, destacou enfatizando o nome do ministro, Luiz Henrique Mandetta.

O governador ressaltou que através dessa parceria todos os municípios serão beneficiados com equipamentos e investimentos para finalizar as obras nos polos regionais, além da estruturação da atenção especializada. E destacou ainda, o papel de cada profissional na saúde no combate as endemias. “Os avanços que a medicina tem dado, aumentam a expectativa de vida dos brasileiros. Isso é um trabalho importante, mas o dia a dia da atenção primária é fundamental, sem esse trabalho nós não teremos no Brasil uma saúde melhor”.

Em seu pronunciamento o ministro da saúde, reforçou o compromisso de continuar avançando nas questões de saúde para o Estado. “Esse ano nos completamos mais de R$ 400 milhões de investimentos em Mato Grosso do Sul. No governo Reinaldo, pela primeira vez nós vamos sair daquela ótica de amulancioterapia. Com os polos fortalecidos, vamos ver se a gente deixa como legado para os outros poderem tocar”, declarou Mandetta. 

Durante o encontro foram assinados, o Acordo de Cooperação para implantação do Projeto Wolbachia, que estabelece a instalação da biofábrica na sede do LACEN (Laboratório Central) estadual, e o Termo de adesão do município de Campo Grande ao Projeto Estadual e-Visita Endemias, que vai distribuir 600 aparelhos celulares para o monitoramento dos criadouros de mosquitos na Capital.

Ao lado do ministro Mandetta o governador Reinaldo também fez a entrega simbólica de 52 Monitores Multiparamétricos, 28 Desfibriladores/Cardioversores, caixas cirúrgicas e outros equipamentos de saúde para os municípios do Estado.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAPITAN BADO
Rapaz de 26 anos é executado em frente a hospital na fronteira
AVANÇO DA PANDEMIA
Brasil registra 501 mortes em 24 horas e total se aproxima de 172 mil
Mulher vai fazer matrícula da filha e é roubada por motociclista
DENGUE
Pesquisadores da UFGD criam alternativas no combate ao Aedes aegypti
CAMPO GRANDE
Laudo da perícia confirma que corpo carbonizado é de chargista
BRASIL
Corretoras poderão atuar com pagamentos de boletos a partir de janeiro
SÃO PAULO
Venezuelano saiu de MS é preso com 30 cápsulas de cocaína no estômago
PRAZOS
Contran divulga novo calendário para renovação de CNH
SAÚDE
Boulos testa positivo para Covid, e debate da Globo é cancelado
DOURADOS 
Sem chuva, previsão indica final de semana quente e umidade baixa

Mais Lidas

DOURADOS 
Foragido, autor de homicídio condenado a 16 anos é preso no Novo Horizonte
DOURADOS
Júri condena membros de grupo de extermínio a mais de 100 anos de prisão
PEDRO JUAN
Quatro corpos são encontrados enterrados na fronteira
BONITO
Mãe de bebê também morre após carro bater em coqueiro na MS-382