Menu
Busca terça, 21 de setembro de 2021
(67) 99257-3397
TRAGÉDIA

Barco parecia de papel ao naufragar no rio Paraguai

27 setembro 2014 - 17h40

O piloteiro Bernardino Corrêa Anastácio, de 51 anos, que trabalha na cidade de Porto Murtinho, viu o barco-hotel "Sonho do Pantanal" naufragar nas águas do Rio Paraguai. Ao portal G1, ele relatou que a embarcação rodou ao ser atingida pelo tornado, virou e depois afundou rapidamente.

"Fez como se fosse um barco de papel, rodou e afundou. Meu barco já estava aportado quando tudo aconteceu", relatou. O piloteiro, que já trabalha há aproximadamente 30 anos no Rio Paraguai, afirma que nunca viu nada igual. "O que aconteceu aqui, eu nunca tinha visto, foi muito triste", relatou. O tornado atingiu a cidade minutos depois do piloteiro transportar o último turista.

O acidente foi na última quarta-feira, dia 24 de setembro. Até a tarde de ontem (26), onze corpos foram resgatados das águas até a manhã deste sábado (27). Três pessoas continuam desaparecidas. O barco-hotel "Sonho do Pantanal" naufragou durante uma tempestade com ventos fortes que atingiu a cidade. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), é possível que um tornado tenha atingido a região, provocando estragos e contribuindo para o naufrágio da embarcação.

Segundo a Marinha e Corpo de Bombeiros, a princípio 27 pessoas estariam a bordo da embarcação, sendo 16 turistas e 11 tripulantes, mas o número foi atualizado nesta sexta-feira (26) para 26, sendo 16 turistas brasileiros e 10 tripulantes paraguaios. Cinco turistas que estavam na embarcação e sete tripulantes foram resgatados com vida, e não oito tripulantes, como informado anteriormente.

Esse é o segundo acidente com barco no rio Paraguai em Mato Grosso do Sul em uma semana. Na terça-feira (23), uma embarcação boliviana naufragou e duas pessoas morreram.

###Barco-hotel
Segundo o capitão-tenente da Agência Fluvial de Porto Murtinho, Alexandre Brandão da Silva, a embarcação paraguaia está a 17 metros de profundidade e só deve ser retirada da água após autorização da empresa proprietária do barco. Após isso, a remoção deve ser feita pela Armada Paraguaia.

###Força-tarefa
Ao total, 14 mergulhadores de Campo Grande, Aquidauana, Jardim e Porto Murtinho e mais 6 mergulhadores da Armada Paraguaia vasculham a região do rio onde o barco afundou.

A Marinha do Brasil está dando apoio com barcos e estrutura. O trabalho conta com ainda com apoio da Polícia Militar Ambiental (PMA) e do Exército. A Polícia Civil trabalha na identificação dos corpos resgatados. A operação foi batizada de "Pesadelo do Pantanal".

###Turismo de pesca
O grupo de turistas do norte do Paraná estava hospedado na chalana desde a última sexta-feira (19). Eles embarcaram na cidade de Carmelo Peralta, na fronteira do Paraguai com o Brasil. Esta foi a quarta vez que o grupo contratou os serviços da empresa para pescar no rio Paraguai. Familiares das vítimas acompanham os trabalhos de resgate às margens do rio.

###Sobreviventes
Um dos turistas que sobreviveram, o agricultor Valdecir Fernandes Freitas, 47 anos, descreveu ao G1 como foi o acidente. "O tornado veio de repente, passou e deixou a desordem dele. Passar por aqui agora, só de avião. Barco nunca mais. Agora rezamos para que os corpos dos nossos companheiros sejam encontrados", afirmou.

###Decreto de emergência
No início da noite de quinta-feira (25), o prefeito de Porto Murtinho, Heitor Miranda, assinou o pedido de decreto de emergência por conta dos prejuízos causados pelo temporal que atingiu a cidade na última quarta-feira (24). O pedido será mandado para governo estado e, se necessário, para o Ministério da Defesa.

Deixe seu Comentário

Leia Também

INTERNACIONAL
Conselho do Golfo decide não impor salvaguarda sobre importação de aço
Festa clandestina em distrito é encerrada pela polícia
REGIÃO
Festa clandestina em distrito é encerrada pela polícia
Traficante tenta transportar droga em bolsas e acaba preso em Ponta Porã
REGIÃO
Traficante tenta transportar droga em bolsas e acaba preso em Ponta Porã
INCLUSÃO
Dourados realiza "I Semana Municipal da Pessoa Surda: Cultura e Diversidade"
"Opera MS" deve começar em outubro com R$ 140 milhões para exames e cirurgias eletivas
FIM DA FILA
"Opera MS" deve começar em outubro com R$ 140 milhões para exames e cirurgias eletivas
TURISMO
Companhia aérea terá três voos diretos saindo de MS com destino ao Nordeste
SOLENIDADE
Duas viaturas e quatro motos são entregues para a PM em Dourados
DOURADOS 
Blitz usa cultura e entretenimento para falar sobre educação no trânsito 
DOURADOS
Motivo de reclamações, parquímetro vira alvo de investigação pelo Ministério Público
NOVA ANDRADINA
Homem toca festa de aniversário, incomoda vizinhança e vai parar na delegacia

Mais Lidas

DOURADOS
'Buguinha' é presa e diz que matou caseiro por legítima defesa
EVENTO CLANDESTINO
PM encerra festa com pelo menos 2 mil pessoas em Dourados
DOURADOS
Envolvida em execução de detetive é presa novamente em Dourados
LOTERIA
Douradense fatura R$ 31 mil ao acertar na quina