Menu
Busca sábado, 25 de setembro de 2021
(67) 99257-3397
PONTA PORÃ

ONG acusa CCZ de exterminar animais “sadios” e prefeitura alega mentira

18 setembro 2014 - 18h00

A ONG (Organização Não Governamental) Irmandade das Patinhas, de Ponta Porã, procurou o Dourados News na tarde de quinta-feira (18) alegando que o CCZ (Centro de Controles de Zoonoses) do município, estaria exterminando animais sadios. Em nota assinada pela presidente da entidade, Rosane Mazetto, existe também a afirmação de que membros da organização estariam recebendo ameaças por parte de funcionários da administração municipal daquela cidade.

O motivo seria a denúncia feita por uma moradora da fronteira, que teria seus animais sacrificados após o exame ter constatado positivo para Leishmaniose visceral, doença que pode ser repassada para o ser humano e causar o óbito. Segundo a ONG, antes da eutanásia, os cães acabaram recolhidos e levados para uma clínica veterinária onde foram realizados outros dois exames.

“Depois de sete dias veio a surpresa, um dos cachorros não é portador da doença e seria sacrificado e o outro tem o direto de repetir o exame mais duas vezes”, diz a presidente.

O caso foi parar na delegacia de Polícia Civil do município, onde é investigado. A ONG ainda acusa o CCZ de, após sacrificar os animais, jogá-los num depósito de lixo, encaminhando inclusive imagens dos cães dentro de sacos plásticos no local.

ACUSAÇÕES INFUNDADAS

Em contato com a assessoria de imprensa da prefeitura de Ponta Porã, o Dourados News foi informado que as acusações de ameaças são infundadas e a legalidade de funcionamento da ONG chegou a ser questionada por parte da administração municipal, sob alegação de que o benefício concedido à Irmandade das Patinhas de utilidade pública, pode ser revogado.

Conforme relato da assessoria, os dois animais da mulher tida como ‘pivô’ do caso estariam contaminados com a doença e ao negar-se a entregar os cães para o Centro, um termo de responsabilidade foi assinado pelas partes.

No documento, ela se comprometeria a entregar outra cópia do exame, desta vez feito numa clínica particular em um prazo 15 dias, o que não aconteceu, de acordo com a assessoria.

“Foi registrado o boletim de ocorrência por parte da mulher porque o prazo para a entrega deste documento estaria no fim. Depois, uma pessoa que faz parte desta ONG e não tem o registro junto ao CRMV (Conselho Regional de Medicina Veterinária), estaria usando o carimbo de outro profissional para assinar receituários”, diz a administração.

LIXÃO

Sobre a acusação de após o sacrifício a carrocinha levar os animais para o ‘lixão’, a assessoria confirmou, porém, ressaltou que todos são colocados numa vala e enterrados. Questionados do motivo das fotos os mostrarem em sacos plásticos sobre os resíduos, a administração apontou que o caso poderia ter sido fotografado na chegada do veículo ao local.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Prefeitura empenha R$ 1 milhão para asfalto no Jardim das Primaveras
DOURADOS
Prefeitura empenha R$ 1 milhão para asfalto no Jardim das Primaveras
Duas mulheres morrem por Covid-19 em Dourados
PANDEMIA
Duas mulheres morrem por Covid-19 em Dourados
Secretário de Estado de Saúde recebe dose de reforço contra Covid-19
VACINA
Secretário de Estado de Saúde recebe dose de reforço contra Covid-19
NA RÚSSIA
Bia Ferreira atropela rival e garante ouro no Mundial Militar de Boxe
Em nove meses, multas do CCZ superam R$ 1,3 milhão
DOURADOS
Em nove meses, multas do CCZ superam R$ 1,3 milhão
União deve fornecer medicamento de alto custo à criança portadora de Amiotrofia Espinhal Progressiva
TRT-MS
Juiz Tomás Bawden toma posse como desembargador do Trabalho na segunda-feira 
FLAGRANTE
Médico denunciado por cobrar cirurgia no SUS tem HC negado no STF
ESTADO
Comitê de Saúde discute uso do pregão eletrônico para compra de medicamentos pelo SUS
JUSTIÇA DO TRABALHO
MS tem mais de 350 audiências em três dias de conciliação e execução trabalhista

Mais Lidas

DOURADOS
Homem é encontrado morto em casa por funcionária na Vila São Brás
RACISMO
Em SP, DJ Alok recorda exclusão de integrantes do 'Brô MCs' durante show em Dourados 
TRAGÉDIA 
Motociclista morre na BR-163 em Dourados após bater em uma capivara 
DOURADOS
Júri condena jovem que matou amiga com tiro na nuca e alegou 'acidente'