Menu
Busca quinta, 28 de janeiro de 2021
(67) 99257-3397
ARTIGO

O país pede: Delata Delcídio!

30 novembro 2015 - 14h00

Se abrir o bico e contar o que sabe do ‘Reino do Planalto’, o senador pode até passar da condição de vilão a herói nacional. Como se diz: perdido por um, perdido por mil. Longe de avalizar a postura do senador neste nebuloso episódio e sem questionar os argumentos do STF que embasaram sua prisão, pode-se dizer que ele é hoje a figura mais importante do contexto político do país.

Há razões de sobra para tal afirmação. O material exposto na mídia mostra exatamente isso. O Planalto finge ignorar o caso e sua condição de ex-líder no Senado; Lula ironiza o senador com agressões verbais; o PT promoveu o seu linchamento através da nota do diretório nacional.

A situação remete-nos aos filmes de heróis do cinema, onde a cena do tic tac da bomba relógio deixa os telespectadores com o coração na mão. Hoje, são todos os brasileiros sob tensão diante do que pode acontecer nos próximos dias.

Experientes observadores da política não escondem: estamos diante do que pode ser comparada a ‘ponta do iceberg’, que pode levar o país a uma situação sem precedentes do ponto de vista político, econômico e institucional inclusive.

Um homem do porte do senador na cadeia, abandonado e humilhado pelos companheiros, sem grandes perspectivas de reverter sua situação prisional, não pode ser visto como um ‘cachorro morto’, imprestável e descartado. ‘Não é bem assim’, diriam alguns.

A mídia vem mostrando a importância da trajetória de Delcídio, sem deixar inclusive de destacar seu estilo pessoal que lhe garantiu bom trânsito em Brasília. Aliás, as declarações do senador tucano Aluysio Nunes na sessão histórica, comprovaram a estima que ele desfruta também na bancada da oposição.

Enfim, se em nosso imaginário popular ainda há boas lembranças do senador pela sua atuação na CPI dos Correios, que culminou com a prisão de Zé Dirceu e outras lideranças do PT, há chances que ele possa – mais uma vez – prestar um grande serviço ao país através do instituto da delação premiada.

A bola está na marca da cal. Se Delcídio marcar, vamos até esquecer o vexame dos 7 a 1 contra os alemães. O gol de Delcídio pode ser o mais importante para todos nós.

Portanto - coragem Delcídio! Bata firme, sem dó e sem medo.

De leve...


Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
Insuficiência da regra de ouro totaliza R$ 453,7 bilhões
Dourados e outra 38 cidades estão em alerta de tempestade nesta manhã
CLIMA
Dourados e outra 38 cidades estão em alerta de tempestade nesta manhã
EDUCAÇÃO
Uems abre 72 vagas para três cursos em Aquidauana
TRANSMISSÃO AO VIVO
TRE-MS empossa novos Presidente e Vice em sessão solene nessa sexta
CIDADES
Sanesul entrega reservatório de 4 milhões de litros de água em Três Lagoas
MERCADO DA BOLA
Flamengo exige acordo de até R$ 65 mi por venda de Everton Ribeiro
PANDEMIA
Uso de transporte público cai em cidades brasileiras, aponta relatório
BRASIL
Secretários de saúde defendem que vacina vá para grupos vulneráveis
CULTURA E ESPORTE
Projeto reforça garantia de pessoa com deficiência participar de eventos
TECNOLOGIA
Nova meta do governo prevê fibra ótica em 99% das cidades brasileiras

Mais Lidas

DOURADOS
Escândalo na PED envolve namoro de agente com preso e 'nudes' de supostas enfermeiras
DOURADOS
Denúncia aponta presos em churrascos com luxo e participação de enfermeiras na PED
TEIXEIRA
Ex-primeira-dama morre cinco dias após o marido em Dourados
DOURADOS
Empresária leva prejuízo de R$ 7 mil ao ter loja arrombada por ladrões em bairro