Menu
Busca quinta, 28 de maio de 2020
(67) 99659-5905
INVESTIMENTO

No valor de R$ 1,3 milhão, edital auxilia artistas prejudicados com a pandemia do coronavírus

31 março 2020 - 15h50Por Da Redação

 Em apoio a artistas sul-mato-grossenses prejudicados financeiramente neste momento de isolamento social devido ao coronavírus, a Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS), com apoio do Governo do Estado, lança nesta semana, o edital “MS Cultura Presente”. Com o valor de R$ 1.300.000,00, o edital selecionará aproximadamente 700 produções artísticas, em formato de vídeos feitos em casa, a serem divulgados em plataformas digitais e redes sociais da Fundação de Cultura e do Governo do Estado.

“O setor da Cultura foi um dos mais atingidos nessa crise do coronavírus, com o fechamento de bares, feiras e exposições. Pensando nesses artistas que dependem da arte para sobreviver, nós da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul e com o apoio do governador Reinaldo Azambuja e do secretário de Governo, Eduardo Riedel, vimos a necessidade de estender a mão a essas pessoas com esse edital que será lançado nesta semana”, falou a diretora-presidente da FCMS, Mara Caseiro.

Em reunião por meio de vídeoconferência na semana passada, a equipe da FCMS e os integrantes do Conselho Estadual de Políticas Culturais, falaram dos critérios a serem adotados neste edital. “Preocupados com aqueles que têm a arte e a cultura como única fonte de renda, os conselheiros apresentaram as dificuldades de artistas do nosso Estado que estão sem condições de sobreviverem neste momento de isolamento social, em que as atividades culturais encontram-se suspensas. Desta forma, analisamos a situação e deliberamos os critérios para a abertura desse edital”, disse Mara.

Após a reunião, ficou definido que o MS Cultura Presente contemplará artistas das seguintes áreas: Artes Cênicas (Dança, Teatro e Circo), Música, Artes Visuais, Audiovisual, Artesanato, Literatura e Patrimônio Cultural. Para cada artista selecionado será disponibilizado o valor de R$ 1.800,00 dividido em duas parcelas de R$ 900,00. Nos projetos apresentados por grupos com mais de três integrantes, o valor total será de R$ 7.200,00, parcelados em partes iguais a cada um dos artistas.

Para participar do edital, o artista não poderá ter vínculo empregatício nem receber benefício, ajuda de custo ou bolsa da União, Estados ou Municípios. Também estão proibidos de participar, artistas aposentados, servidores públicos federais, estaduais ou municipais. Além disso, só serão aceitas as inscrições daqueles que comprovarem atividade artística por meio de documentos, matérias jornalísticas, redes sociais ou algum material físico ou digital.

“Nossa intenção é beneficiar aqueles artistas que vivem exclusivamente da cultura e da arte. Com esses vídeos realizados pelos artistas nós iremos ajudá-los e, ao mesmo tempo, promoveremos o entretenimento e a cultura aos cidadãos neste período de crise e de isolamento social”, afirmou a diretora-presidente da FCMS.

Sobre o valor disponibilizado de R$ 1.300.000,00 nesse edital de emergência, Mara informou que o recurso faz parte de fundos destinados à cultura anualmente. “Como as ações culturais estão temporariamente suspensas, resolvemos destinar um recurso emergencial àqueles que mais precisam da arte e da cultura para sobreviverem. Essa decisão foi aprovada pelo Conselho de Políticas Culturais de Mato Grosso do Sul, por entenderem que essa pandemia pegou todos de surpresa e que o setor cultural foi um dos mais atingidos”, explicou Mara.

A seleção dos inscritos nesse processo será feita por uma equipe de técnicos da Fundação de Cultura e da sociedade civil. O edital deve ser lançado ainda nesta semana. Para mais informações acompanhe as redes sociais e o site da Fundação de Cultura: www.fundacaodecultura.ms.gov.br.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

CORREIOS
Cadela encontra droga avaliada em R$ 200 mil em encomendas despachadas
ECONOMIA
Senado Federal aprova MP do aumento salário mínimo para R$ 1.045
CORUMBÁ
Cinco funcionários são presas acusadas de venda e receptação de tijolos
PROTOCOLOS
Comitê de ações da UEMS publica Plano de Biossegurança Institucional
POLÍTICA
Planalto teme que quebra de sigilo repercuta na cassação de Bolsonaro
CAPITAL
Homem acusado de esfaquear a mãe e um amigo da ex-mulher é preso
REMÉDIO CONTRA MALÁRIA
França proíbe uso da hidroxicloroquina para tratamento da Covid-19
PONTA PORÃ
Ambiental autua homem em R$ 15 mil por maus-tratos a animais
DATAFOLHA
Para 61% dos que viram reunião, Bolsonaro quis interferir na PF
POLÍCIA
Idosa é agredida após ter a casa invadida por morador de rua

Mais Lidas

DOURADOS
Prefeitura estende toque de recolher em 2h em Dourados
PANDEMIA
Dourados tem mais de 150 casos de Covid-19 e secretário diz ser assustadora a crescente na região
PANDEMIA
Dourados investiga morte com suspeita do novo coronavírus
DOURADOS
Empresários cobram de Délia prova científica para justificar toque de recolher