Menu
Busca quinta, 28 de maio de 2020
(67) 99659-5905
BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO

No dia da 1ª morte, MS tem mais quatro casos positivos de coronavírus

31 março 2020 - 16h20Por Adriano Moretto

No dia em que foi constatada a primeira morte em decorrência do coronavírus no Mato Grosso do Sul, quatro novos casos foram confirmados no Estado, chegando a 48 o número de pessoas infectadas pela doença. 

Os dados são do novo boletim epidemiológico divulgado pela SES (Secretaria de Estado de Saúde), na tarde desta terça-feira (31/3).

Dos pacientes apontados hoje, dois deles são de Nova Andradina – mulher de 22 anos e homem de 35 -, um de Campo Grande e outro morador em Alcinópolis. 

Todos os quatro estão em isolamento domiciliar. 

Tirando o teste positivo de Alcinópolis após contato com pessoa em viagem à Irlanda, os outros estiveram juntos de caso confirmado. 

Números 

Além dos 48 pacientes com o coronavírus, Mato Grosso do Sul tem ainda 38 situações investigadas. 

O total de notificações no Estado chegou a 554 e 457 deles acabaram descartados, enquanto 11 foram excluídos. 

Durante coletiva realizada na tarde desta terça, o secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, reforçou o pedido para que as pessoas fiquem em isolamento social para evitar maior contágio com a doença. 

Primeira morte

Dourados registrou nesta tarde o primeiro óbito em decorrência do coronavírus no Estado. Trata-se de uma mulher de 64 anos, que estava internada no Hospital da Cassems desde o dia 27 de março, quando chegou de Nova Andradina. 

Ela era moradora em Batayporã e apresentava problemas de saúde. 

Conforme a SES, a vítima possuía pneumopatia crônica, o que pode ter contribuído com a grave evolução do quadro.

Confirmados

Campo Grande é a cidade com o maior número casos confirmados de coronavírus. São 37 pessoas que testaram positivo, enquanto Batayporã conta com três. Dourados e Nova Andradina possuem dois. Alcinópolis, Rio Verde de Mato Grosso, Sidrolândia e Ponta Porã, contam com apenas um. 

Investigados

Já os casos suspeitos para a doença em MS, a Capital continua na frente com 17 suspeitas, seguido por Batayporã e Três Lagoas com três, Aquidauana e Bataguassu (2), Água Clara, Bodoquena, Camapuã, Dois Irmãos do Buriti, Dourados, Fátima do Sul, Maracaju, Naviraí, Novo Horizonte do Sul, Ponta Porã e São Gabriel do Oeste, com um investigado.  

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

CORREIOS
Cadela encontra droga avaliada em R$ 200 mil em encomendas despachadas
ECONOMIA
Senado Federal aprova MP do aumento salário mínimo para R$ 1.045
CORUMBÁ
Cinco funcionários são presas acusadas de venda e receptação de tijolos
PROTOCOLOS
Comitê de ações da UEMS publica Plano de Biossegurança Institucional
POLÍTICA
Planalto teme que quebra de sigilo repercuta na cassação de Bolsonaro
CAPITAL
Homem acusado de esfaquear a mãe e um amigo da ex-mulher é preso
REMÉDIO CONTRA MALÁRIA
França proíbe uso da hidroxicloroquina para tratamento da Covid-19
PONTA PORÃ
Ambiental autua homem em R$ 15 mil por maus-tratos a animais
DATAFOLHA
Para 61% dos que viram reunião, Bolsonaro quis interferir na PF
POLÍCIA
Idosa é agredida após ter a casa invadida por morador de rua

Mais Lidas

DOURADOS
Paciente com suspeita de coronavírus afasta mais de 20 profissionais da saúde no HV e UPA
PANDEMIA
Dourados é "campeã" de casos de coronavírus em MS pelo 3º dia consecutivo
PANDEMIA
Dourados investiga morte com suspeita do novo coronavírus
DOURADOS
Empresários cobram de Délia prova científica para justificar toque de recolher