Menu
Busca sexta, 07 de agosto de 2020
(67) 99659-5905
ELEIÇÃO SUPLEMENTAR

Município de MS elege prefeito e vice neste domingo

01 dezembro 2019 - 08h30Por André Bento

Os 5.331 eleitores do município de Japorã, no interior de Mato Grosso do Sul, devem eleger neste domingo (1) novos prefeito e vice-prefeito. A eleição suplementar de hoje tem somente um candidato, Paulo César Franjotti (PL), em chapa também composta pelo vice Gabriel José Klasmann.

Mesmo com a eleição garantida, Paulo César Franjotti terá pouco mais de um ano de mandato. Segundo o TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul), que convocou o novo pleito em 29 de outubro, os novos gestores municipais ficarão no cargo até 31 de dezembro de 2020.

De acordo com o TSE (Tribunal Superior Eleitoral), as eleições municipais do próximo ano serão realizadas no dia 4 de outubro. Nos municípios com mais de 200 mil eleitores (Mato Grosso do Sul só tem Campo Grande nessa condição), caso haja segundo turno, a data prevista é 25 de outubro.

As novas eleições em Japorã ocorrem por determinação do desembargador João Maria Lós, presidente do TRE-MS, que cumpriu determinação do TSE e ordenou o afastamento de Vanderley Bispo de Oliveira (PTB), Gilvan Antônio Perin (PSDB) e Daiana Vilharva Cáceres Franzoni (PRP), respectivamente prefeito, vice-prefeito e vereadora do município.

“Vanderley Bispo de Oliveira, Gilvan Antônio Perin e Daiana Vilharva Cáceres Franzoni foram condenados pelo juiz da 33ª Zona Eleitoral, Guilherme Henrique Berto de Almada, por captação ilícita de sufrágio nas Eleições 2016”, detalhou a Corte.

Ainda segundo o TRE-MS, a condenação foi motivada por “desvio de verbas públicas para uso em campanha, simulação de reforma do prédio do CREAS, simulação de compras de uniformes escolares, uso da máquina administrativa para promoção pessoal, distribuição de cestas básicas a famílias indígenas e reforma de poço artesiano em assentamento”.

Os gestores públicos municipais chegaram a recorrer, mas a Corte estadual manteve as cassações. Também houve recurso ao TSE, mas o Tribunal negou e deu ordem para execução imediata da decisão do TRE-MS que ratificou as condenações em atendimento a pedido feito pela Procuradoria Regional Eleitoral.

Em 2016, a chapa formada por Wanderley Bispo de Oliveira  e Gilvan Antonio Perin foi eleita para comandar o Executivo municipal de Japorã com 2.583 votos. Rudney Freire Marinho e Luiz Bezerra dos Santos firam na segunda colocação, com 2.011 votos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

NAVIRAÍ
Mulher chama polícia ao descobrir que ex estuprava filha de 10 anos
AJUDA FINANCEIRA
Senado limita juros do cartão de crédito a 30% durante pandemia
CAPITAL
Enfermeiro do HRMS é 12º profissional de saúde morto pela Covid-19 em MS
SÃO PAULO
MP oferece denúncia contra ex-BBB Felipe Prior por estupro
RIO VERDE
Trans denuncia prefeito à polícia depois de ouvir que "não tem utilidade"
SUPREMO
STF permite acúmulo de pensão e aposentadoria, se não ultrapassar teto
FUTEBOL
Conmebol aprova protocolo de saúde para Libertadores e Sul-Americana
DOURADOS
Secretaria de Cultura adota drive-in para atender promotores culturais
CAMPO GRANDE
Jovem é internada em estado grave depois de apanhar de duas vizinhas
JUSTIÇA
Ex-companheiro que permaneceu no imóvel do casal deve pagar aluguéis

Mais Lidas

PANDEMIA
Dourados registra mais três óbitos por coronavírus; um deles é de outro município
DOURADOS
Guardas capturam foragido da justiça próximo a residenciais de luxo
INVESTIGAÇÕES
Polícia desarticula quadrilha responsável por furtos e tentativa de homicídio em Dourados
TRÁFICO DE DROGAS
Polícia prende dupla que contratou guincho para carregar veículo com drogas