Menu
Busca domingo, 28 de novembro de 2021
Dourados
34°max
19°min
Campo Grande
32°max
21°min
Três Lagoas
36°max
21°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
POLÍCIA

Mulher que obrigava filha a se prostituir responderá por dois crimes

27 outubro 2020 - 21h05Por G 1

A Polícia Civil concluiu o inquérito e indiciou por dois crimes a auxiliar de serviços gerais, de 41 anos, que obrigava a filha, de 16 anos, a se prostituir. Segundo a delegada Franciele Candotti, da Delegacia Especializada de Proteção à Criança e o Adolescente (Depca), como se tratava de um flagrante, a polícia conduziu as investigações no prazo de 10 dias e encaminhou o relatório ao poder judiciário.

"A menina confirmou que a mãe a obrigava a fazer os programas sexuais. Ela foi indiciada por favorecimento à prostituição e por lesão corporal dolosa, já que agrediu a menina pouco antes dela fazer a denúncia para a polícia. A mãe ficou presa um período, mas, já passou por audiência de custódia e teve a liberdade provisória concedida", afirmou ao G1 a delegada.

Segundo Candotti, mesmo o inquérito já enviado ao Ministério Público Estadual (MPE-MS), a polícia ainda aguarda o resultado de laudos, para encaminhar posteriormente.

Adolescente fazia 'até 3 programas ao dia'

Durante o depoimento, a adolescente disse que, desde janeiro deste ano, a rotina dela era cuidar dos irmãos pela manhã, enquanto a mãe trabalhava. Já no período vespertino, fazia "até três programas sexuais ao dia, agendados pela suspeita", sendo que o dinheiro adquirido era para "ajudar nas despesas da casa".

"A menina chorou durante o depoimento e se mostrou irritada e nervosa por ter que contar, repetir a história, então nós tivemos bastante cautela. Mas ela passou por atendimento psicossocial aqui na delegacia e disse que, desde janeiro, estava fazendo os programas durante a tarde. De manhã, tinha que cuidar dos irmãos menores enquanto a mãe trabalhava", comentou na ocasião a delegada.

Conforme a delegada, a mãe é quem "fazia o meio de campo", mantendo contato com clientes pelo WhatsApp e também por um aplicativo de conversas. "Ela disse que o valor era de R$ 50 a R$ 80, sendo que 60% ficava para a mãe. São ao todo 9 filhos, segundo a adolescente, sendo cinco deles adultos e que não moram mais com a mãe. Um deles ela não soube dizer e o restante mora com a mãe na mesma casa", explicou.

Entenda o caso

Uma auxiliar de serviços gerais, de 41 anos, foi presa em flagrante após a filha de 16 anos ser expulsa de casa e ligar para a Polícia Militar (PM). A adolescente disse aos militares que era obrigada a fazer programas sexuais e entregar o dinheiro para a mãe, o qual alegava que era para ajudar nas despesas da casa. O fato ocorreu na Vila Aimore, em Campo Grande.

"A menina disse que estava fazendo programas sexuais há algum tempo e, toda vez que o programa não dava certo, ela apanha da mãe e esta a colocava para fora de casa. Desta vez, cansada da situação, ela decidiu denunciar. A adolescente prestou depoimento, fez exame pericial por estar com lesões pelo corpo e foi para um abrigo", afirmou na ocasião a delegada Anne Karine, adjunta da Deam.

Segundo a delegada, a mãe negou os crimes e disse que a menina se "prostituía porque era muito rebelde". A suspeita ainda disse que a investigação poderia "pegar o celular dela para investigar".

Deixe seu Comentário

Leia Também

Palmeiras é tricampeão da Copa Libertadores da América
FUTEBOL
Palmeiras é tricampeão da Copa Libertadores da América
PANDEMIA
Alemanha e Itália confirmam casos e variante 'ômicron' da Covid-19 é detectada em 9 países
POLÍCIA
Mulher é espancada por filho após se recusar a dar R$ 5 mil
ECONOMIA
Feirão 'Limpa Nome' tem negociações até dia 6 por whats app e aplicativo
ECONOMIA
Família que tiver aumento de renda permanece no Auxílio Brasil
POLÍCIA
Homem é executado com sete tiros após sair de bar
POLÍCIA
Jovem aciona a polícia após homem tentar beijá-la à força em entrevista de emprego
PANDEMIA
Países europeus identificam casos da variante Ômicron da Covid-19
BRASIL
Cerca de 85 mil beneficiários de auxílio-doença podem ficar sem pagamento do INSS
POLÍCIA
Adolescentes são detidos após serem flagrados com motocicleta furtada

Mais Lidas

AÇÃO CONJUNTA
Dourados terá operação 'Lei Seca' para conter bebedeira no trânsito após final da Libertadores
DOURADOS
Foragido da Justiça há quase três décadas é preso nas proximidades da UPA
DOURADOS
Homem invade residência da ex, agride jovens com garrafa e acaba preso
TRAGÉDIA
Acidente mata bebê de oito meses e deixa sete pessoas feridas na região de fronteira