Menu
Busca sábado, 04 de julho de 2020
(67) 99659-5905
ECONOMIA

MS publica decreto para adequar legislação e potencializar boas práticas em Compras Públicas

19 dezembro 2019 - 17h05Por Da Redação

Com a proposta de adequar a legislação estadual à federal e potencializar as boas práticas em Compras Públicas, o Governo de Mato Grosso do Sul editou o decreto nº 15.327 que regulamenta a aquisição de bens e a contratação de serviços comuns mediante licitação na modalidade pregão.

A publicação do dispositivo foi veiculada na edição nº 10.047 do Diário Oficial do Estado e é fundamentada no decreto federal nº 10.024 de 20 de setembro de 2019, que trata da atualização processual na área de Licitações. O documento, foi elaborado pela Superintendência de Compras e Materiais da Secretaria de Estado de Administração e Desburocratização (SAD) com a parceria da Procuradoria-Geral do Estado (PGE) e a Consultoria Legislativa da Secretaria de Estado de Governo (Conleg).

“Nossa ideia é adequar cada vez mais a legislação estadual ao entendimento da União, pois com práticas correlatas atingimos o patamar de eficiência e legalidade na área de Compras Públicas”, avalia a Secretária Especial de Compras do Estado, Ana Carolina Nardes.

Na mesma linha, o secretário de Administração e Desburocratização, Roberto Hashioka, destaca que a inovação na legislação, irá assegurar mais transparência aos procedimentos licitatórios. “Essa atualização é decorrente de estudos e análises que visam otimizar os pregões, dando mais transparência e agilidade na realização dos certames”, avalia.

De acordo com a Superintendência de Compras e Materiais, além da atualização das leis que instituíram nova metodologia para a Pesquisa de Preço e também dos Pregões, o Estado já trabalha na adequação de novas leis que dispõem sobre o tratamento das Micro e Pequenas Empresas, Cadastro de Fornecedores e Registro de Preço.

“Também atribuímos as melhorias dos processos à atuação efetiva do Tribunal de Contas do Estado, pois essa adequação legislativa também visa o atendimento das recomendações do órgão”, conclui Ana Nardes.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Consumidor poderá tirar dúvidas sobre valor cobrado na conta de luz
BRASIL
Decotelli atualiza o currículo e diz que foi ministro da Educação por seis dias
MS
Mais de 6,8 mil materiais produzidos nas mãos de reeducandos garantem maior proteção em atendimentos no HR
ESPORTES
Partida entre Fluminense e Botafogo será transmitida em TV aberta
REGIÃO
PMA autua arrendatária de fazenda em R$ 9 mil por irregularidades com agrotóxicos
SAÚDE PÚBLICA
Macrorregião de Campo Grande já tem 73% do leitos de UTI disponíveis ocupados
ESPORTES
Projeto UEMS Karate JKA faz treinos ao vivo online durante pandemia
REGIÃO
Agepen dobra altura do muro do presídio de Caarapó para reforço na segurança
BRASIL
Rodrigo Maia defende importância de sindicatos
DOURADOS
Presidente da Câmara lamenta morte de secretário e pede esclarecimento dos fatos

Mais Lidas

PANDEMIA
Mulher morre de covid-19 logo após dar à luz em Dourados
DOURADOS
Decretos sobre aglomerações, igrejas e comércio terão mais 10 dias de vigência
CAMPO GRANDE
Jovem que estava desaparecida é encontrada morta
20 VEÍCULOS
"Bonde do contrabando" é apreendido abarrotado de produtos do Paraguai