Menu
Busca quinta, 24 de setembro de 2020
(67) 99659-5905
TRANSFERÊNCIA

MPF diz que mudança de sede para Dourados foi por falta de estrutura

21 janeiro 2020 - 22h20Por Da Redação

No dia 5 de novembro de 2019, o Conselho Superior do Ministério Público Federal (CSMPF) aprovou a redistribuição temporária da Procuradoria da República no município (PRM) de Ponta Porã para o município de Dourados. Em 10 de dezembro, o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) manteve a decisão e, em 7 de janeiro de 2020, a realocação foi efetivada.

Na prática, isso significa que a estrutura física que funcionava em Ponta Porã passou a funcionar no prédio que abriga a PRM de Dourados. Tanto a atuação quanto o quadro funcional de ambas as PRMs foram mantidos: três ofícios continuam atendendo a Dourados e aos demais 17 municípios que pertencem à 2ª subseção judiciária de Mato Grosso do Sul; e outros três ofícios continuam atendendo a Ponta Porã e aos demais 10 municípios que integram a 5ª subseção judiciária de MS. Cada ofício é conduzido por um(a) procurador(a) da República.

A realocação temporária se deu em função da inadequação do imóvel no qual a PRM de Ponta Porã estava instalada, que apresentava uma série de problemas estruturais graves. Nos dois últimos anos, a chefia administrativa do MPF em Mato Grosso do Sul envidou esforços para que fosse autorizada pela Secretaria-Geral do órgão a mudança da sede da PRM de Ponta Porã para um imóvel mais adequado. No entanto, não foi possível viabilizar a mudança para um prédio no próprio município por razões financeiras/orçamentárias, levando a instituição a considerar o prédio que já abrigava a PRM de Dourados, que dispõe de espaço e condições técnicas satisfatórios.

No que tange às funções institucionais do MPF, a realocação da unidade em Dourados não resultará em prejuízos à atuação perante a Justiça Federal em Ponta Porã, tampouco para a população do município, haja vista a utilização de recursos tecnológicos como peticionamento e protocolo eletrônico, virtualização de processos, assinatura digital e realização de audiências por videoconferência, além da realização de deslocamentos eventuais dos membros do MPF àquele município, sempre que forem necessários.

Deixe seu Comentário

Leia Também

EDUCAÇÃO
Estudantes com Fies podem suspender pagamentos até o fim da pandemia
REGIÃO
Para garantir abastecimento de água em Ladário e Corumbá, Governo do Estado adota medidas preventivas
TRÁFICO DE DROGAS
Polícia localiza droga em Van e mulher é presa
ELEIÇÕES 2020
Alan Guedes é o terceiro a registrar nome para disputa pela prefeitura
EDUCAÇÃO
CIEE lança programa para capacitar estudantes do ensino médio
RURAL
Precoce MS recebe reconhecimento nacional e produtores comemoram resultados
DOURADOS
Em live no Instagram, curso de Psicologia fala sobre isolamento social, sofrimento psíquico e pandemia
BRASIL
Marco Aurélio votará por permitir depoimento por escrito de Bolsonaro
PROSSEGUIR
Governo atualiza mapa da Covid e Dourados volta para "bandeira vermelha"
FLAGRANTE
Casal do tráfico é preso após polícia flagrar homem preparando baseado na moto da esposa

Mais Lidas

DOURADOS
Carro carregado com calhas capota após colisão e mulher fica ferida
PARANÁ
Traficante Elias Maluco é encontrado morto em presídio federal
PEDRO JUAN
Terror na fronteira: três veículos de luxo são incendiados em pontos distintos
PANDEMIA
Prefeitura e MPE entram em acordo para retorno das aulas presenciais na rede privada