Menu
Busca quinta, 03 de dezembro de 2020
(67) 99659-5905
MATO GROSSO DO SUL

Modelo em gestão, turismo de MS ganha dois prêmios nacionais

06 dezembro 2019 - 16h35Por Da Redação

Mato Grosso do Sul foi destaque na segunda edição do Prêmio Nacional de Turismo, realizado pelo Ministério do Turismo, que consagrou 19 iniciativas e profissionais que contribuíram para o desenvolvimento do setor turístico no país. Cerimônia realizada em Belo Horizonte anunciou os vencedores, escolhidos por comissões julgadoras.

A Fundação de Turismo do Estado (Fundtur) ganhou o segundo lugar na categoria Gestão de Dados e Monitoramento Turístico, com o programa de Classificação Turística dos Municípios, enquanto o projeto Sustentabilidade e Ecoturismo no Rio da Prata e Lagoa Misteriosa (Jardim e Bonito) ficou com o bronze na ação Aproveitamento do Patrimônio Natural do Turismo.

Antes da premiação, realizada no Palácio das Artes, em Belo Horizonte (MG), o diretor-presidente da Fundtur/MS, Bruno Wendling, foi empossado na presidência do Fórum Nacional dos Secretários Estaduais de Turismo (Fornatur) em ato que contou com a presença do ministro do Turismo, Marcelo Álvaro. O vice-presidente do Fórum é Otávio leite, do Rio de Janeiro.

O Programa de Classificação Turística dos Municípios de Mato Grosso do Sul, realizado pelo Governo do Estado, busca fomentar o desenvolvimento da atividade turística em seus destinos turísticos. Com um sistema on-line, foi criada uma ferramenta de estímulo ao planejamento, gestão e marketing estratégico.

Trabalho de equipe

O programa contribui para que os gestores públicos municipais e estaduais conheçam o estágio de desenvolvimento no qual os destinos se encontram e tomem decisões estratégicas para melhorias nos processos de gestão pública, governança, sustentabilidade, infraestrutura turística e mercado.

“Conquistamos avanços importantes com esse reconhecimento nacional, reafirmando a posição do nosso turismo como referência nacional em gestão pública”, afirmou o diretor-presidente da Fundtur. “É resultado de um trabalho de equipe e de uma ação de governo, onde, além dos investimentos em fomento e organização, o Estado planeja uma logística de apoio ao turismo.”

Bruno Wendling concorreu ao prêmio destinado aos dirigentes e profissionais de destaque no turismo, na área governamental, e classificou como “uma vitória” chegar entre os três finalistas entre 200 participantes. Os premiados foram escolhidos por voto popular.

Segundo o dirigente da fundação, o Programa de Classificação Turística é uma ferramenta que vem se modernizando e permite uma radiografia mais objetivo do setor, dividindo e categorizando cada município em seu nível de desenvolvimento.

“Isso gera informações importantes de ofertas e produtos turísticos para a gestão (Fundação), que são valiosas e fundamentais para tomadas de decisões, direcionando políticas públicas, conforme o grau de cada município”, explicou ele.

Satisfação do turista

O prêmio conquistado pelo empreendimento Recanto Ecológico Rio da Prata e Lagoa Misteriosa, entre tantos outros colecionados pelos destinos, qualifica ainda mais o turismo de Bonito e região como modelo de exploração dos recursos naturais com proteção ambiental.

Reserva particular, o Recanto Ecológico é uma empresa familiar de ecoturismo organizado na região de Bonito e Jardim. A experiência de visitar os atrativos envolve flutuar em águas cristalinas ao redor de peixes coloridos, ou mergulhar com cilindro em uma caverna inundada de profundidade desconhecida, cujo modelo foi replicado para outro atrativo na região: a Estância Mimosa.

É considerado como exemplo de ecoturismo organizado com visitação limitada, foco em qualidade, com sistema de gestão de segurança certificado, viável economicamente e que concilia desenvolvimento regional, preservação ambiental e satisfação do turista.

O projeto foi um dos 418 inscritos no edital voltado às Iniciativas de Destaque, um dos segmentos do Prêmio Nacional de Turismo. O ministro da pasta, Marcelo Álvaro Antônio, presente à cerimônia, destacou os avanços que o setor conquistou neste ano de 2019. “O turismo tem uma participação de protagonista no papel de desenvolvimento ou de recolocar o nosso Brasil nos trilhos. Alcançamos resultados extremamente positivos.”, celebrou.

O 2º Prêmio Nacional do Turismo, iniciativa do Ministério do Turismo em parceria com o Conselho Nacional do Turismo (CNT), tem por objetivo identificar, reconhecer, premiar e disseminar iniciativas, práticas inovadoras e casos de sucesso relacionados aos setores, público e privado, e ao terceiro setor do turismo brasileiro. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

BATAGUASSU
Mulher é presa em flagrante por matar marido com facada no peito
ALIADO DE BOLSONARO
Ministério Público pede ao TSE quebra de sigilos de Luciano Hang
CAMPO GRANDE
Após uma semana, atropelada em bairro da Capital morre na Santa Casa
ECONOMIA
Conheça quais são os programas de bolsas para estudantes da UFGD
CAPITAL
Mãe e padrasto são denunciados por bater e deixar crianças sem comida
APOSENTADORIA
INSS divulga calendário de pagamentos de benefícios em 2021
REGIÃO
Morre baleado em ataque que feriu mulher e criança em Campo Grande
JUSTIÇA
Mutirão "Nome Limpo" segue até dia 11 para conciliação na quitação de dívidas
HOMICÍDIO
Morto ao buscar filho tentou fugir ao descobrir ex-cunhado armado
SAÚDE
Apresentadora Fátima Bernardes é diagnosticada com câncer de útero

Mais Lidas

PANDEMIA
Casos de coronavírus levam fechamento de três agências bancárias em Dourados
POLÍCIA
Homem é encontrado morto em ponte próximo à Vila Cachoeirinha 
MAUS TRATOS
Mãe é denunciada após apagar cigarro na mão da filha em Dourados
CAARAPÓ
Jovem que matou companheira com mata-leão é autuado em flagrante por homicídio doloso