Menu
Busca quarta, 12 de agosto de 2020
(67) 99659-5905
JUDICIÁRIO

Ministério Público quer lei para acabar com 'farra das diárias' em Caarapó

24 fevereiro 2020 - 19h06Por Da Redação

O MPE (Ministério Público Estadual) quer regras claras para concessão de diárias de viagem no Legislativo de Caarapó. Investigações apontaram que servidores e vereadores recebiam o benefício para fazer cursos ou ir a reuniões fora da cidade, mas entregavam apenas folders dos eventos ou e-mails para atestar a presença nos compromissos.

Essa indenização serve para bancar despesas com hospedagem e alimentação sempre que o agente público deixa o município a serviço. Segundo o MPE, as diárias são pagas em caráter excepcional e não podem ser habituais.

Contudo, não era isso que acontecia em Caarapó. A maioria dos vereadores, segundo o MPE, compareceu “sistematicamente, meses a fio, em gabinetes de deputados estaduais em Campo Grande ou de ministros em Brasília sob a justificativa de se buscarem emendas parlamentares”.

Nos relatórios apresentados para receber os reembolsos, os motivos são sempre genéricos, como “tratar de assuntos de interesse do município”.

O Ministério Público também flagrou dois servidores que receberam diárias de viagem para uma reunião no Tribunal de Contas Estadual no dia 17 de setembro de 2017. Para justificar o benefício, eles anexaram e-mail com o agendamento do encontro.

Contudo, além de não provar que realmente participaram do evento, a data marcada na mensagem era diferente daquela em que a indenização havia sido paga: 13 de setembro de 2017.

Também foi relatado caso de servidor que pediu diária para fazer um curso em Campo Grande, mas no relatório disse que esteve no gabinete de um deputado estadual pedindo recursos para recapear ruas de Caarapó.

“Pelo caráter geral e vago de seus termos, referidas declarações não apenas comprometem qualquer tentativa de se verificar a correspondência de tais viagens aos motivos que a ensejaram, como ainda, põe em xeque a própria comprovação de sua efetiva realização”, aponta o MPE.

A Câmara de Caarapó não tem lei que discipline o pagamento do benefício. Além disso, a Promotoria prega que, por se tratar de verbas públicas destinadas exclusivamente para assuntos relacionados ao trabalho, devem ser anexados documentos que provem com exatidão a presença nas agendas e justificativas adequadas.

O próprio TCE já fez uma inspeção no Legislativo desse município e apontou irregularidades e ilegalidades nos pagamentos de diárias.

Por isso, o MPE recomenda à Câmara Municipal de Caarapó que elabore em 60 dias uma lei com as regras para o pagamento de viagem. A norma deve contemplar valores diferentes dependendo do tempo do deslocamento. Por exemplo, se o servidor ou parlamentar ir e voltar durante o dia, só teria direito a metade do valor porque não houve necessidade de pernoite.

Além disso, deve ser estabelecido número máximo de diárias por mês e a exigência de relatório detalhado com o motivo da viagem, sem justificativas genéricas e provas da presença no compromisso.

O descumprimento da recomendação pode acarretar imposição de medidas administrativas e judiciais.

Deixe seu Comentário

Leia Também

LEGISLATIVO
Câmara aprova projeto que fomenta o uso da energia solar em Dourados
EMBRIAGUEZ AO VOLANTE
Bêbado, paulista desrespeita barreira sanitária em Bataguassu
TRANSPARÊNCIA
Prefeitura ainda tem R$ 18 milhões para enfrentamento da pandemia em Dourados
FUTEBOL
PSG vira sobre Atalanta em jogo dramático e vai às semis da Liga dos Campeões
CAARAPÓ
STF analisa soltura de indígena que teve filho assassinado em confronto com fazendeiros
COTAÇÃO
Dólar fecha em alta de olho em exterior e 'debandada' no Ministério da Economia
DOURADOS
PM flagra festa com 20 pessoas na Cachoeirinha em meio a pandemia
CRIME AMBIENTAL
Douradense leva multa de R$ 54 mil por desmatamento e exploração de madeira
SAÚDE
Tempo seco aumenta chance de contágio da Covid-19, explica infectologista
PANDEMIA
Profissionais querem novo decreto e funcionamento diário das academias

Mais Lidas

DOURADOS
Suspeito de atropelar motociclista durante racha na BR-163 se apresenta à polícia
DOURADOS
Amigos vão procurar homem e encontram corpo em avançado estado de decomposição
DOURADOS
Motociclista é atingido por veículo que praticava "racha' e tem fratura exposta
CORGUINHO
Jovem morre após sofrer acidente durante passeio de moto com amigos