Menu
Busca quinta, 01 de outubro de 2020
(67) 99659-5905
MORTE A ESCLARECER

Médico manda paciente para casa e seis horas depois ela morre

17 junho 2015 - 08h37

Uma mulher de 34 anos morreu por volta das 22 horas da terça-feira, dia 16 de junho, no CRS (Centro Regional de Saúde) do bairro Coophavila 2, em Campo Grande. O caso foi registrado como morte a esclarecer, já que a vítima procurou atendimento médico, passou por avaliação e teve alta.

Segundo o relato da sogra da vitima à Polícia Civil, a mulher passou mal por volta das 12 horas de ontem. O Corpo de Bombeiros foi acionado e ela foi encaminhada ao CRS do Coophavila 2. A mulher foi atendida e ficou em observação durante a tarde, sendo liberada por volta das 16 horas.

De acordo com o site Midiamax, a vítima desmaiou quando estava saindo do posto de saúde, mesmo assim, segundo o relato de familiares, o médico mandou a mulher ir para casa e disse que não era nada grave. Pouco depois, ela passou mal novamente. O Samu (Serviço Móvel de Atendimento de Urgência) teria sido acionado, mas também disse que não poderia atender o caso.

O filho da vítima conseguiu pedir carona a um vizinho, mas quando eles chegaram novamente ao CRS, a mulher estava em parada cardiorrespiratória. Os médicos tentaram salvar a vítima, mas ela não resistiu.

A vítima tinha histórico de fratura, provocada por um acidente de motocicleta, ocorrido há dois meses. O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAPITAN BADO
Dupla arma emboscada e mata jovem a tiros na fronteira
MS
Mercado de trabalho retoma contratações com destaque para indústria
NOVA ANDRADINA
Homem de 48 anos é multado em R$ 1 mil por maus tratos a cachorro
POLÍTICA
STJ nega pedido de Flávio Bolsonaro para anular decisões das 'rachadinhas'
IVINHEMA
Polícia Civil indicia mulher por provocar auto aborto em cidade de MS
UEMS
Projeto desenvolve "Sacolas de Inventar" para levar brincadeiras
CAMPO GRANDE
Polícia divulga foto de suspeito de assassinar garota de 18 anos a tiros
9ª REGIÃO MILITAR
Exército Brasileiro realiza a Operação Herácles de fiscalização em MS
CRIME AMBIENTAL
Pecuarista é multado em R$ 10 mil por manter duas antas em cativeiro
PANTANAL
Bombeiros superam cansaço e calor para controlar incêndios no Amolar

Mais Lidas

REGIÃO
Homem que disse ter encontrado mulher morta volta atrás e confessa feminicídio
LAGUNA CARAPÃ
Homem sente falta de esposa, vai procurar e a encontra morta em poço
DOURADOS
Disputa pela prefeitura tem dois milionários e total de bens chega a R$ 13 milhões
CAPITAN BADO
Ataque de pistoleiros a veículo deixa dois mortos na fronteira