sexta, 01 de julho de 2022
Dourados
30°max
15°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
EDUCAÇÃO

MEC antecipa divulgação das notas do Enem 2021; veja como consultar

09 fevereiro 2022 - 18h50Por G 1

O MEC (Ministério da Educação) informou que o resultado do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) 2021 está disponível a partir das 19 horas desta quarta-feira, dia 09 de fevereiro. Os candidatos poderão conferir as suas notas individuais acessando a Página do Participante.

Estudantes, no entanto, relatam dificuldades para acessar o site e, quando conseguem, o resultado não aparece.

A previsão inicial era a de que os resultados só saíssem na sexta-feira (11). No entanto, o ministro da Educação, Milton Ribeiro, anunciou em uma rede social que haveria essa antecipação após receber "muitos pedidos" dos candidatos.

Para acessar a Página do Participante, é preciso usar o login único da plataforma gov.br.

As notas do Enem 2021 podem garantir vaga em instituição de ensino superior pública ou privada brasileiras e até em faculdades fora do país.

Cada oportunidade possui regras próprias e pode variar instituição. Por isso, é importante conhecer todas as condições. Confira como a nota do Enem pode ser utilizada em cada situação:

Sisu

O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) é o meio pelo qual o Ministério da Educação (MEC) seleciona estudantes para vagas em cursos de ensino superior de instituições públicas. Para concorrer a uma vaga, o candidato precisa estar dentro da nota de corte do curso em questão, ou seja, precisa ter obtido uma nota igual ou maior à nota mínima definida para aquele curso.

Pode se inscrever no processo seletivo do primeiro semestre quem prestou o Enem 2021 e tenha tirado nota superior a zero na redação. O candidato não pode ter participado da edição como "treineiro", como é o caso de alunos que não concluíram o ensino médio e fazem o Enem para testar o seu desempenho.

As inscrições para o Sisu começam em 15 de fevereiro e devem ser feitas no site do programa.

Prouni

O Programa Universidade para Todos (Prouni) é uma iniciativa do Ministério da Educação que oferece bolsas integrais e parciais em faculdades particulares.

Quem tem direito:

apenas alunos que cursaram os três anos do ensino médio em escolas da rede pública

ou estudaram os três anos do ensino médio com bolsa integral em colégios privados (isto é, desde que sem pagar as mensalidades).

Critério de renda:

Ter renda familiar per capita de até 3 salários mínimos (R$ 3,636 mil).

Tipos de bolsa:

bolsa integral: renda familiar mensal per capita de até 1,5 salário mínimo (R$ 1.818);

bolsa parcial (50% da mensalidade): renda familiar mensal per capita de 1,5 a 3 salários mínimos (de R$ 1.818 a R$ 3.636).

Para o primeiro semestre de 2022, as inscrições vão de 22 a 25 de fevereiro pelo site do programa.

Fies

O Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) é um programa do governo federal que paga parte das mensalidades de estudantes em universidades e faculdades privadas, com a contrapartida de os beneficiários quitarem o financiamento após a formatura.

O crédito pode cobrir de 50% a 100% da mensalidade do curso, podendo ser a juros zero a uma escala de financiamento que varia conforme a renda familiar do candidato.

No primeiro semestre de 2022, o programa disponibilizará 111 mil vagas e período de inscrição será de 8 a 11 de março, pelo Portal do Fies.

Podem se inscrever no processo seletivo quem participou de qualquer edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) desde 2010, que tenha obtido média mínima de 450 nas cinco áreas do conhecimento e nota superior a zero na redação. O candidato deve possuir renda familiar mensal per capita de até 3 salários mínimos (R$ 3.636).

Instituições privadas

Muitas instituições de ensino superior também oferecem desconto nas mensalidades utilizando a nota do Enem. Geralmente, o candidato não precisa prestar um vestibular próprio da universidade. O ideal é procurar a instituição para saber se elas oferecem bolsas e descontos conforme a nota no exame e quais são os requisitos.

Universidades internacionais

A nota do Enem também pode permitir que o candidato estude em uma faculdade fora do Brasil. Isso acontece porque o Ministério da Educação possui acordo com algumas instituições em países como Portugal, Inglaterra, França, Irlanda e Canadá. Em alguns casos, a instituição pode exigir que o interessado passe pelo processo seletivo local.

Instituições internacionais geralmente possuem calendários diferentes dos utilizados no Brasil. Então, é preciso ficar atento e pesquisar diretamente no site das universidades. É importante também que o candidato conheça as condições oferecidas em cada instituição.

Deixe seu Comentário

Leia Também

'Boca de fumo' é fechada em Coxim e homem de 45 anos é preso
MATO GROSSO DO SUL

'Boca de fumo' é fechada em Coxim e homem de 45 anos é preso

POLÍTICA

Dinheiro de leilões de bens do tráfico é usado para combate às drogas

Ministério da Justiça deflagra nona fase da Operação Luz na Infância
BRASIL

Ministério da Justiça deflagra nona fase da Operação Luz na Infância

CAMPO GRANDE

Hemosul lança o Selo Conexão para as empresas parceiras

ECONOMIA

Aneel leiloa 13 lotes de transmissão de energia

CAPITAL

Homem é preso por uso de documento falso e furto qualificado

FUTEBOL

América-MG derrota Botafogo e fica perto das quartas da Copa do Brasil

CORUMBÁ

Com o apoio de policial aposentado, foragido da justiça é capturado

ECONOMIA

BC admite oficialmente estouro da meta de inflação em 2022

TRÁFICO DE DROGAS

Tabletes de maconha abandonados em ônibus de linha são apreendidos

Mais Lidas

UM MORTO E OUTRO FERIDO

Alvos de disparos, jovens foram perseguidos por três homens quando saíam de uma conveniência 

DOURADOS

Jovem é baleado por homem de moto enquanto caminhava na Cohab II

TRAGÉDIA

Douradense morre e pai de vereador fica ferido em acidente no Mato Grosso

TRÁFICO

Ônibus com placas de Dourados é apreendido em SP com quase 100 quilos de cocaína