Menu
Busca sábado, 24 de outubro de 2020
(67) 99659-5905

Mato Grosso do Sul tem Plano e Sistema Estadual de Cultura efetivados

02 janeiro 2018 - 19h10

Desde quarta-feira (27.12) está em vigor o Plano Estadual de Cultura, instrumento que vai definir as políticas públicas que serão colocadas em prática no setor cultural do Mato Grosso do Sul. A assinatura para a efetivação aconteceu foi realizada pelo governador Reinaldo Azambuja, acompanhado do secretário de Estado de Cultura e Cidadania, Athayde Nery. 

O Plano é resultado de mais de 30 anos de discussões e tais políticas de médio e de longo prazo vão assegurar os direitos culturais, a proteção e a promoção do patrimônio e da diversidade cultural de Mato Grosso do Sul. Na prática o projeto reorganiza as políticas públicas ao definir os papeis dos gestores, servidores, produtores e a participação da sociedade de modo geral na construção de projetos e ações, além de garantir a aplicação contínua de recursos por meio de fundo específico e do uso dos equipamentos que já fazem parte da gestão estadual de cultura.

Segundo Athayde Nery, Mato Grosso do Sul é um dos primeiros estados do País que assinou o sistema e plano estadual de cultura. “Apenas sete estados no Brasil possuem estes instrumentos que asseguram a cultura como política pública de Estado e não apenas de governo. Com isso, Mato Grosso do Sul passa a ser um deles e a ter a garantia de que não haverá interrupção no progresso cultural; definindo seus conselhos, fóruns, planos, com uma constituição formada da cultura, isso é uma grande vitória”, afirmou.

No Plano também ficam disciplinados os princípios básicos de proteção e defesa dos direitos culturais, a competência dos órgãos e as disposições gerais de gestão. Com isso a administração pública oferece à população uma garantia de continuidade de ações, projetos e de manutenção de equipamentos e unidades culturais. Também amplia o acesso à produção e fomento da cultura em todo o Estado, a inserção da cultura em modelos sustentáveis de desenvolvimento socioeconômico e o acompanhamento e avaliação das políticas culturais.

O secretário ainda ressaltou que o próximo passo é a construção destes mecanismos em cada um dos municípios do Estado. “Construiremos agora o Plano e o Sistema no interior para que tenhamos todo o processo de pertencimento concluído”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CORUMBÁ
Homem é assassinado a golpes de faca no abdômen e na cabeça
POLÍTICA
Nelsinho Trad recebe do Dnit garantia de R$ 41,2 milhões para obras em MS
POLÍCIA
Homem é preso após subornar policiais militares com "corrente de ouro"
SAÚDE
Profissionais da maternidade do HU recebem curso sobre imunização
CAPITAL
Motorista de carro que bateu em carreta morre após parada cardiorrespiratória
TECNOLOGIA
WhatsApp agora permite silenciar conversas e grupos; veja como fazer
TRIBUNAL DO JURI
Sobrinho que matou tio a tiros em conveniência sai livre de julgamento
JUSTIÇA
Lote de habitação popular deve ser quitado com falecimento de beneficiário
REGIÃO
PF prende golpista que enviou molho de tomate a cliente que pagou por celular
BRASIL
Censo mostra que ensino a distância ganha espaço no ensino superior

Mais Lidas

DOURADOS
Acusado de matar mulher por asfixia no Canaã I é preso no Piratininga
TRÂNSITO
Moto invade preferencial, é atingida por caminhonete e dois ficam feridos na Marcelino
TRÁFICO DE DROGAS
Jovens que saíram de Dourados são flagrados com maconha no interior paulista
PONTA PORÃ
PF faz segunda maior apreensão de cocaína do ano em MS