Menu
Busca terça, 01 de dezembro de 2020
(67) 99659-5905
ARTIGO

Mais amor por favor

11 dezembro 2019 - 08h04Por Denise Caramori

O pensamento da Pedagogia Sistêmica impressiona e transforma o olhar com relação às crianças, sua família e sua escola. Ela não chega como uma nova metodologia de ensino, apenas consiste em uma nova postura do professor diante do aluno. Bert Hellinger, Pedagogo, Teólogo, Filósofo e Psicoterapeuta, desenvolveu uma abordagem terapêutica que muitos conhecem como Constelações Familiares Sistêmicas. Este método aplicado à Educação chamamos de Pedagogia Sistêmica. A abordagem das constelações familiares sistêmicas se fundamentam em três princípios que regem os relacionamentos: 1. Hierarquia, a necessidade de ordem dentro do sistema familiar; 2.

Pertencimento, a necessidade de pertencer a uma família e a um grupo social e 3. Equilíbrio entre o dar e o receber na relação pais e filhos. 
Todos fazemos parte de uma família, nosso sistema familiar, e é importante considerar que, ainda que a pessoa não conheça sua família de origem, ela trás consigo não só traços físicos, traços de temperamento, dons, como também a bagagem energética pertencente à família, ou seja, não adianta fugir ou negar o sistema familiar do qual pertence, ele esta em nós, faz parte de nós, e quando isso é negado, reprimido ou excluído, é justamente aí que se faz representar através de dificuldades de relacionamentos, síndromes e transtornos. Todos os filhos amam os pais, mesmo que não tenham consciência disto, pois existe muita dor e desapontamento nesta relação. Vamos refletir à respeito? É preciso agradecer aos pais pela vida que nos deram, e por todas os outros dons que recebemos deles; é preciso reconhecer que pai e mãe são os grandes e os filhos os pequenos na relação, tomando os pais como eles são, exatamente como são, com respeito e sem julgamentos.

Tomar os pais significa aceitar assim como é, com humildade, quando o filho faz isso, ele também concorda consigo mesmo assim como é. Isso é profundamente conciliatório e apaziguador.

Enquanto as crianças são pequenas, seus pais devem decidir o que é melhor para elas. E em caso de separação do casal, perceber que uma família não se rompe com a separação, os pais apenas terminam sua relação amorosa, os pais sempre permanecem os pais e o conflito que os pais tem um com o outro não é realmente dá conta da criança. A criança é filho dos dois e confia nos dois, os pais são as raízes da criança.

Quanto aos professores, a Pedagogia Sistêmica traz à luz alguns questionamentos: Eu estou criando relações na sala de aula muito rígidas ou muito complacentes? Cada aluno sente apoio e limites dentro dos quais pode se desenvolver? Que tipos de noções de realidade os alunos trazem consigo? Existe um consenso geral, um conjunto de regras para todos? Eu valorizo a forma de iniciar e finalizar cada aula? Eu respeito a família do meu aluno, sem julgamentos? Para os professores que aceitam de coração seus próprios contextos familiares e conseguem viver em paz com sua família, independentemente da dificuldade de seu próprio destino, será mais fácil olhar para seus alunos, além do aparente, porque terão atitudes positivas. As Escolas que praticam e vivenciam a Pedagogia Sistêmica, permitem que os alunos se tornem atentos e conscientes em relação ao seu próprio aprendizado. Como dizia Rubem Alves... “Educador e seus discípulos estão ligados por laços de amor.”    

*Psicopedagoga/Terapeuta - Equoterapeuta e Equitadora. www.denicaramori@hotmail

Deixe seu Comentário

Leia Também

Menina de seis anos tem nariz reconstruído após levar tiro de fuzil
FRONTEIRA
Menina de seis anos tem nariz reconstruído após levar tiro de fuzil
STF
Nunes Marques adia decisão sobre bloqueio de perfis por Bolsonaro
CAPITAL
Para traficar drogas, homem escondia maconha no guarda-roupa de filhos
FÓRMULA 1
Pietro Fittipaldi substituirá Grosjean na Haas e Brasil volta a F-1
DENÚNCIA
Mulher é presa por deixar filhos sozinhos para consumir drogas
UEMS
Inscrições para Mestrado e Doutorado em Recursos Naturais terminam na quinta
Mulher é presa levando droga ao filho em preso em dobra de cobertor
BANDEIRA VERMELHA
Conta de luz voltará a ter taxa extra a partir de amanhã, e a mais cara
Jovem encontrado morto no rio Aquidauana tinha 21 anos
BALANÇO
Desmatamento na Amazônia cresce 9,5% em um ano, aponta Inpe

Mais Lidas

PODER PÚBLICO
Gaeco volta às ruas de Dourados com nova operação
POLICIAL
Criminoso imita abordagem de polícia para cometer roubo em Dourados
BR-376
Acidente entre Dourados e Fátima do Sul deixa um morto e dois feridos
PANDEMIA
Covid volta a matar e Dourados acumula 120 vítimas da doença