Menu
Busca domingo, 31 de maio de 2020
(67) 99659-5905
CAMPO GRANDE

Justiça mantém prisão de suspeito de furtar várias vezes mesmo atacadista

02 abril 2020 - 21h05Por Da Redação

Embora as audiências de custódia estejam suspensas desde o dia 30 de março na Capital, as pessoas detidas em flagrante delito continuam tendo suas prisões avaliadas pela autoridade judicial competente, a fim de que esta decida sobre a necessidade ou não de decretar a prisão preventiva até o julgamento. Dessa forma, nesta quinta-feira, dia 02 de março, foi apresentado ao juiz em plantão criminal e diretor do Fórum de Campo Grande, Flávio Saad Peron, o caso de um homem preso após praticar uma série de furtos em um mercado atacadista da região sul do município nos últimos dias.

Segundo relatado pelo vigilante do estabelecimento, por, pelo menos três vezes, o jovem maquinista de 25 anos, detido ontem no estacionamento do mercado, furtou a loja valendo-se do mesmo modo de operação. O rapaz sempre adentrava o local já com sacolas plásticas no bolso. Ele tomava um carrinho de compras e passava pelos corredores pegando produtos diversos e depositando-os já dentro dos sacos. O homem então se dirigia à fila de um caixa em que o último cliente fosse uma mulher. Com as sacolas a seu lado, ele aguardava a mulher ser atendida e pegar as compras dela para sair, momento em que ele também saía em seu encalço, como se estivesse a acompanhando, sem pagar por nenhum produto. Ainda para burlar o sistema de vigilância, o jovem segurava na mão o comprovante fiscal de uma compra qualquer, dissuadindo, assim, os fiscais de controle.

Na noite de ontem (1), porém, câmeras de vigilância já o identificaram desde o instante em que entrara no estabelecimento, de forma que todo seu intento criminoso foi monitorado. O vigilante do mercado, no entanto, aguardou até que o rapaz fosse para o estacionamento, já com os bens furtados, para abordá-lo. Entre os produtos subtraídos estavam desde itens de higiene pessoal, aos mais diversos mantimentos, como carnes, macarrão, chocolates e biscoitos. O montante de mercadorias furtadas possuía valor aproximado de R$ 700.

Em seu interrogatório policial, o jovem confirmou a prática do delito, mas negou que o tenha cometido mais de uma vez. Embora se tenha levantado a suspeita de que um carro aguardava-o na saída do mercado, ele negou a existência de mais pessoas envolvidas no crime.

Com a não realização das audiências de custódia presenciais, o auto de prisão em flagrante foi recebido no foro de Campo Grande e encaminhado virtualmente à Defensoria Pública e ao Ministério Público para manifestações. Após a devolução dos autos, o juiz decidiu pela manutenção da prisão, com a conversão do flagrante em prisão preventiva.

Em sua decisão, o magistrado ressaltou o aumento significativo no número de furtos a estabelecimentos comerciais nas últimas semanas, o que, aliado à impossibilidade de exercer a atividade, aumenta a insegurança dos comerciantes em honrar seus compromissos, como o pagamento de empregados, aluguéis e de impostos.

“Esta situação exige respostas firmes e imediatas dos Poderes constituídos e das instituições do Estado, para a contenção de crimes e de suas deletérias consequências econômicas e sociais, que se agravam neste momento delicado de isolamento e suspensão das atividades normais da sociedade, sendo, destarte, como já assentado, necessária a prisão preventiva do custodiado, para a garantia a ordem pública”, concluiu.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DURANTE A PANDEMIA
Saiba quais foram as maiores lives musicais realizadas na internet
SOLIDARIEDADE
Ação de ONG leva roupas e itens de higiene para famílias de Campo Grande
BRASIL
Parques e igrejas de maior porte reabrem no DF na quarta-feira
CORRIDA ESPACIAL
SpaceX e Nasa lançam foguete com astronautas nos EUA
BRASIL
Cidade de São Paulo prorroga quarentena até 15 de junho
"RAÍZES"
Documentário sobre sacis filmado em MS tem estreia online em junho
EM MIRANDA
Mulher é estuprada após ser levada para quintal de residência
REDES SOCIAIS
Bolsonaro tira fotos sem máscara após ir a lanchonete em Goiás
NA CAPITAL
Criança fica ferida ao ser atropelada por moto em avenida de Campo Grande
RELAÇÕES INTERNACIONAIS
EUA anunciam mais US$ 6 mi para ajudar Brasil no combate à pandemia

Mais Lidas

DOURADOS
Protocolo é seguido e mulher vítima do coronavírus é enterrada sem despedida de familiares
PANDEMIA
Estado alerta que Dourados deve ser cidade com mais casos de Covid-19 na próxima semana
MAIORIA JOVENS
Vítima fatal da Covid-19 faz parte da faixa etária com mais casos da doença em Dourados
POLÍCIA
Homem encontrado morto sob a ponte do Calarge tinha 38 anos