Menu
Busca quarta, 21 de abril de 2021
(67) 99257-3397
CAPITAL

Justiça manda soltar jovem que causou acidente com dois mortos

26 fevereiro 2021 - 20h05Por Da Redação

Vinicius de Oliveira Gomes, de 20 anos, que causou um acidente com dois mortos na avenida Guaicurus no dia 4 de fevereiro, ganhou o direito a liberdade em habeas corpus impetrado pela sua defesa e acatado pelo desembargador Zaloar Murat Martins de Souza, da 3ª Câmara Criminal do TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul).

O acidente aconteceu no cruzamento da Guaicurus com a Marginal Bálsamo e o jovem conduzia um VW/Gol, ao lado de Ingrid Casanova Portilha, de 22 anos. Ele bateu o carro em outro veículo, ocupado por Jair Fernandes Pereira, 49 anos, e Mauro Jorge Pereira Nantes, 54 anos, que morreram em decorrência do acidente.

Segundo o site Campo Grande News, a notícia sobre a soltura de Vinicius causou desconforto em familiares das vítimas, caso de Adriano Siscati, enteado de Jair. "Não estava sabendo. Acho isso um absurdo. Parece que a Justiça não presta. Um sem vergonha desses tem que falecer dentro da cadeia".

Adriano ainda finaliza com indignação. "A gente sente que aqui não tem Justiça, que você pode tirar a vida de um, passa no máximo um mês preso e depois já fica livre. Uma pessoa dessas vai ser solta, mas tem que mofar na cadeia".

A decisão

"Diante do cenário, em que pese o ventilado na decisão atacada, não há falar em gravidade concreta da conduta", frisa o desembargador sobre o caso de Vinicius, completando com mais argumentações para ele responder o processo fora da cadeia.

"Impossível desconsiderar, aliás, que o paciente é jovem de 20 anos, primário e não registra antecedentes, além de ter residência fixa na comarca de Campo Grande e Trabalho lícito", conclui Zaloar Murat Martins de Souza.

Ao revelar o motivo do acidente, Vinicius disse que estava acelerando o carro ao ser perseguido pelo ex de Ingrid, Guilherme Henrique dos Santos, de 24 anos, que estava em uma moto logo atrás. Vinicius foi indiciado por homicídio doloso pela polícia.

Posteriormente, sua defesa tentou libertá-lo em outros recurso, todos negados pela Justiça. Porém, recentemente, o promotor Wilson Canci, responsável pela acusação de Vinicius, pediu para que ele não fosse para júri popular, já que enquadrou o caso do rapaz como homicídio culposo, diferente da interpretação policial.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Feriado de Tiradentes terá predomínio de sol em Mato Grosso do Sul
CLIMA
Feriado de Tiradentes terá predomínio de sol em Mato Grosso do Sul
Saiba o que abre e fecha no feriado desta quarta em Dourados
FERIADO
Saiba o que abre e fecha no feriado desta quarta em Dourados
Dourados estreia em casa hoje no hexagonal contra o Comercial
ESTADUAL DE FUTEBOL
Dourados estreia em casa hoje no hexagonal contra o Comercial
José Carlos Manhanbusco fala das novas regras para aposentaria que passam a valer em 2021
TV DOURADOS NEWS
José Carlos Manhanbusco fala das novas regras para aposentaria que passam a valer em 2021
Polícia encontra cocaína em chaleiras que iriam para a Espanha
PARAGUAI
Polícia encontra cocaína em chaleiras que iriam para a Espanha
ESTADOS UNIDOS
Júri declara ex-policial Derek Chauvin culpado pela morte de George Floyd
Casal é preso enquanto aplicava golpe em seguradora da fronteira
POLÍTICA
Nelsinho Trad fará requerimento para profissionais de transporte de pessoas
DOURADOS
Motociclista morre no HV 18 dias após sofrer acidente no centro
UFGD
Prazo para inscrever projetos de Iniciação Científica termina na próxima semana

Mais Lidas

DOURADOS/ITAPORÃ
Produtor rural morto em acidente na MS-156 voltava de aniversário em pesqueiro
DOURADOS
Perícia não encontra sinais de violência e morte de mulher pode ter sido por causas naturais
DOURADOS
Mãe de menor que organizou festa clandestina com mais de 40 pessoas é presa
TIRADENTES
Comércio, vacinação e bancos; veja o que funciona no feriado em Dourados