Menu
Busca terça, 19 de janeiro de 2021
(67) 99257-3397
CAPITAL

Justiça decreta prisão preventiva de pintor que matou ex estrangulada

14 junho 2019 - 20h05Por Da redação

O pintor Fábio Braga do Amaral, 39 anos, teve a prisão preventiva decretada pela Justiça pela morte de Érica Aguilar Pereira, 38 anos, na madrugada da última terça-feira, dia 11 de junho, em um condomínio do Jardim Campo Nobre, em Campo Grande. Ele teria estrangulado a vítima e fugido ao perceber o crime.

A delegada da Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher), Jennifer Estevam de Araujo, informou ao site Midiamax, que a polícia civil está realizando buscas para encontrar Fábio que não se apresentou na delegacia.

Ainda segundo a delegada, os laudos da perícia ainda não saíram, mas as informações preliminares são de que Érica foi morta estrangulada e, aparentemente, não há sinais de violência sexual.

O advogado de Fábio, Hamilton Ferreira, teria combinado com a delegada de que seu cliente se entregaria na tarde desta quinta-feira (13), por ser feriado e estar ‘mais tranquilo’ a movimentação na delegacia. Mas o autor do crime não apareceu.

Hamilton entrou em contato com a delegada informando que não saberia o paradeiro do pintor. Segundo a delegada, Fábio já teria passagem por estupro.

Dia do Crime

A filha de Érica, disse à polícia que na data do crime Fábio estaria tranquilo, passou na casa da família, pegou a vítima e os dois filhos dela e deixou eles em um local para lanchar. Ele pagou a conta e depois voltou para buscar os três.

A adolescente de 15 anos, entrou com o irmão no quarto para dormir e escutou a mãe e o pintor conversando, mas não ouviu nada suspeito.

Momentos depois, a menina acordou com Fábio só de cueca tentando asfixiá-la com uma espécie de manta. Ela contou que tentou se desvencilhar, momento em que o autor desistiu da ação e pediu para que ela procurasse seu boné.

Ela foi até o quarto e viu a mãe desacordada. Nesse momento Fábio se vestiu e fez sinal para que ela ficasse quieta. A menina então retornou e percebeu que a mãe estava morta. Em seguida, a adolescente ligou para um familiar para pedir ajuda.

Ainda conforme a adolescente, já fazia um tempo que o Fábio e a mãe não se encontravam. A polícia aguarda os laudos e está em busca pelo pintor.

Deixe seu Comentário

Leia Também

UNIVERSIDADE
Laboratório de universidade federal analisa mais de 4 mil testes de Covid-19 em 2020
LEGISLATIVO
Deputados entregam a candidatos à Presidência da Câmara carta com prioridades para a educação
CÂMARA DOS DEPUTADOS
Projeto prevê punição para o repasse indevido de salário de funcionários de agentes políticos
BRASIL
Anac divulga aéreas que podem transportar cilindros de oxigênio
OPINIÃO
Como as alterações nos benefícios previdenciários podem te impactar
PANDEMIA
Mato Grosso do Sul realiza primeira vacinação contra o coronavírus
SISTEMA DE SAÚDE
Governo foi informado dia 8 sobre escassez de oxigênio em Manaus
TRAGÉDIA
Criança de seis anos morre em acidente entre Bonito e Bodoquena
CLÁSSICO
Palmeiras goleia Corinthians e segue sonhando com título brasileiro
REGIÃO
Bombeiros são acionados para buscas após populares verem corpo boiando em rio

Mais Lidas

DOURADOS
Morto por descarga elétrica pode ter tentado consertar portão
ACIDENTE
Homem morre após sofrer descarga elétrica em Dourados
DOURADOS
Comitê alerta para crescente da Covid e prefeito expede decreto com novas regras
DOURADOS
Em ação conjunta, polícia deflagra operação para investigar crimes