Menu
Busca terça, 26 de maio de 2020
(67) 99659-5905
OITIVAS

Juiz ouve 7 testemunhas de acusação sobre morte de menor em lava jato

06 setembro 2017 - 11h12

Na terça-feira (5) foi realizada a primeira audiência sobre a morte do adolescente Wesner Moreira da Silva, agredido no dia 3 de fevereiro em um lava jato na Capital. Foram ouvidos os familiares da vítima, entre eles a mãe de Wesner, o irmão, dois primos e uma prima da mãe.

Além deles, prestaram depoimento uma assistente social que atendeu o adolescente quando ele recebeu os primeiros socorros na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) e um técnico em enfermagem que também teve contato com a vítima.

A oitava testemunha arrolada, o médico que atendeu Wesner, não foi intimado e deve ser ouvido na próxima audiência.

A fim de esclarecer os fatos, o juiz Carlos Alberto Garcete de Almeida solicitou ainda a intimação da assistente social da Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente (DEPCA) que conversou com a vítima e ainda o médico legista que subscreveu o parecer médico-legal para que possa esclarecer os detalhes sobre as lesões sofridas pela vítima. Segundo a denúncia, os réus introduziram uma mangueira de ar no ânus da vítima, que passou mal, foi socorrido, mas não resistiu aos ferimentos e morreu dias depois.

A oitiva destas testemunhas, além das testemunhas de defesa e o interrogatório dos réus, estão programados para acontecer na próxima audiência, designada para o dia 2 de outubro, às 14 horas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRÊS LAGOAS
Empresária paulista perde R$ 50 mil ao negociar compra de sucata
ECONOMIA
Governo Federal libera mais R$ 28,7 bilhões para auxílio emergencial
TRÁFICO
PRF apreende 254 quilos de maconha e prende batedores na fronteira
SUPREMO
Celso de Mello envia à PGR requerimento contra Carla Zambelli
PONTA PORÃ
Motorista não explica procedência de R$ 68 mil e acaba na Polícia Federal
ARTISTA
Pagamento da 1ª parcela do edital “MS Cultura Presente” está disponível
POLÍTICA
Governo vai disponibilizar lista de quem recebeu auxílio emergencial
JUSTIÇA
Após 26 dias presa, mulher que matou marido a facadas ganha liberdade
BANDEIRA TARIFÁRIA
Conta de luz não terá cobrança extra até o fim do ano, informa Aneel
BR-262
Veículo furtado na Bahia é recuperado durante barreira sanitária

Mais Lidas

DOURADOS
Prefeitura estende toque de recolher em 2h em Dourados
PANDEMIA
Dourados tem mais de 150 casos de Covid-19 e secretário diz ser assustadora a crescente na região
PANDEMIA
Dois meses após decreto de emergência, Dourados confirmou 127 casos de Covid-19
PANDEMIA
Número de pacientes internados por coronavírus em Dourados sobe 50% em 24h