domingo, 14 de julho de 2024
Dourados
10ºC
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
ECONOMIA

JBS alega insegurança jurídica e divulga paralisação de sete frigoríficos em MS

17 outubro 2017 - 16h42Por Da Redação

As sete unidades frigoríficas da JBS em Mato Grosso do Sul vão paralisar operações a partir de quarta-feira (18), diante da insegurança jurídica criada pelos bloqueios de recursos da empresa, que somam R$ 730 milhões só no Estado, conforme o portal do jornal Correio do Estado.

A empresa teve o valor bloqueado judicial a pedido da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Irregularidades Fiscais de Tributárias, conduzida por deputados da Assembleia Legislativa. 

A informação foi confirmada em nota da assessoria de imprensa do grupo.

Segundo a nota, os funcionários continuarão recebendo os salários, mesmo que a paralisação, por enquanto, é por tempo indeterminado.

“A JBS informa que, em função da insegurança jurídica instalada em Mato Grosso do Sul, suas sete unidades de carne bovina no Estado estão com as atividades de compra e abate paralisadas por tempo indeterminado. Os colaboradores continuarão recebendo seus salários normalmente até que a companhia tenha uma definição sobre o tema. A JBS esclarece que está empenhando seus melhores esforços para a manutenção da normalidade das suas operações e trabalha para proteger seus 15 mil colaboradores diretos e 60 mil indiretos em Mato Grosso do Sul”, informou a nota.

Na manhã desta terça-feira (17), funcionários da empresa lotaram o plenário da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul por temer demissões em massa por conta dos bloqueios da empresa. Uma reunião ocorreu logo após o encontro, onde serão feitas ações para garantir a manutenção dos postos de trabalho.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Investimentos públicos potencializam turismo em Rio Verde
MS

Investimentos públicos potencializam turismo em Rio Verde

VIGILÂNCIA

Saúde recomenda atenção para casos de febre Oropouche no país

Eleições 2024: não deixe para a última hora o download do e-Título
ATENÇÃO CIDADÃO

Eleições 2024: não deixe para a última hora o download do e-Título

Idoso é preso por estupro de vulnerável na capital
CRIME

Idoso é preso por estupro de vulnerável na capital

ECA, 34 anos: proteção digital de crianças é principal desafio
DEBATE

ECA, 34 anos: proteção digital de crianças é principal desafio

TRÁFICO

Traficantes são presos com cocaína e maconha em Sonora

OPINIÃO

Sobre "roubo de joias" e outras coisas....

IMPASSE

Pacheco aponta resistência do mercado financeiro a projeto das dívidas estaduais

BRASIL

Câmara aprova definição do projeto marco legal de hidrogênio verde

ESPORTES

Seleção Sub-17 derrota Angola por 3 a 0 e decide título neste domingo

Mais Lidas

MS

Inscrições para o Curso de Libras EAD Nível I do 2º Semestre abrem dia 15 de julho

OPORTUNIDADE

Com recrutamento noturno, indústria abre 400 vagas de trabalho em Dourados

DOURADOS

Ministro admite atraso e prevê projeto de novo terminal do Aeroporto concluído até fim de julho

PREVISÃO

Mais frio: Inmet coloca Dourados em alerta para declínio de até 5ºC na temperatura