Menu
Busca quinta, 24 de setembro de 2020
(67) 99659-5905
AEDES AEGYPTI

Ilhado pela dengue, único município de MS com baixa incidência aposta no básico: prevenção

06 março 2020 - 09h10Por André Bento

Único município de Mato Grosso do Sul com baixa incidência da dengue, Taquarussu é praticamente uma ilha de salvação contra a doença neste ano. São apenas três notificações, nenhuma delas confirmadas, e a própria secretária municipal de Saúde reconhece que “nada de extraordinário” foi feito para garantir esse resultado, somente o básico: prevenção.

No boletim epidemiológico divulgado quinta-feira (5) pela Secretaria de Estado de Saúde, 67 dos 79 municípios sul-mato-grossenses figuram com alta incidência, quando as notificações passam de 300 a cada grupo de 100 mil habitantes. Outros 11 figuram com incidência média, até 300 casos notificados para 100 mil moradores.

É nessa lista que Taquarussu se destaca. Com 3.570 habitantes, só computou três notificações de dengue, nenhuma confirmada, a colocando em baixa incidência. De Zika Vírus e Febre Chikungunya, não há sequer suspeitas desde o ano passado, segundo a secretária municipal de Saúde, Letícia Janaína Neves Machado.

“A gente faz mutirão e pelo fato de a cidade ser pequena, nosso número de agentes é o necessário para atender o município. Além disso a gente acaba conhecendo todo mundo e nosso coordenador do controle de vetores é bem presente”, afirmou ao Dourados News na manhã desta sexta-feira (6).

Enfermeira por formação, ela reconhece que a baixa incidência não é fruto de “nenhum trabalho extraordinário, é o básico”.

“Não é nada de muito diferente. É prevenção. A maioria dos municípios tem número pequeno de agentes, não consegue cobrir totalmente os domicílios com as visitas”, pondera.

A secretária revela que Taquarussu dispõe atualmente de três servidores lotados no setor de Controle de Vetores e nove agentes comunitários de saúde para prevenção da dengue.  

No ano passado, porém, o município teve alta incidência da doença, com 69 notificações e 37 confirmações. Letícia acredita que esse susto somado aos mutirões realizados em novembro de 2019 e em janeiro de 2020 deixou a população local em alerta.

Na divisa com o Paraná, Taquarussu está praticamente ilhado pela dengue, já que seus vizinhos sul-mato-grossenses acumulam registros da doença. Em Batayporã, com 11.167 habitantes, são 59 notificações. Nova Andradina, habitada por 49.104 pessoas, notificou 121 e confirmou seis, além de uma morte. Novo Horizonte do Sul tem 4.581 residentes, tem 117 casos notificados e 29 confirmados. E Jateí, com população estimada em 4.051 moradores, notificou 132 e confirmou 28.

Com a menor população de Mato Grosso do Sul, 2997 habitantes, Figueirão,  ao norte do Estado, tem 21 notificações e três confirmações.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MATO GROSSO DO SUL
Rastrear pode auxiliar na redução da taxa de contágio por coronavírus
BRASIL
Saúde atualiza novamente procedimentos para aborto no SUS
ELEIÇÕES 2020
Em Dourados, 80 postulantes à Câmara de Vereadores aguardam julgamento de candidatura
DOURADOS
Menor é flagrada em ônibus tentando levar skunk para Goiás
PANDEMIA
Dourados soma mais de 6,2 mil recuperados do novo coronavírus
CAMPO GRANDE
Homem que fazia casa de mãe de depósito de drogas é preso
DOURADOS
Atividades remotas para todos os públicos seguem no “Jorjão”
PANDEMIA
MS se aproxima de 67 mil infectados e soma mais 13 óbitos em um dia
RESSOCIALIZAÇÃO
Projeto Reintegra atende reeducandos por meio da telemedicina
LIBERTADORES
Líder do Grupo G, Santos enfrenta o Delfín no Equador

Mais Lidas

DOURADOS
Carro carregado com calhas capota após colisão e mulher fica ferida
PARANÁ
Traficante Elias Maluco é encontrado morto em presídio federal
PEDRO JUAN
Terror na fronteira: três veículos de luxo são incendiados em pontos distintos
PANDEMIA
Prefeitura e MPE entram em acordo para retorno das aulas presenciais na rede privada