Menu
Busca terça, 20 de outubro de 2020
(67) 99659-5905
SONORA

Homem morre após ser atacado por abelhas africanas

06 janeiro 2018 - 10h15Por Da Redação

Roberto Luiz Carrasco, 65, morreu na tarde de quinta-feira (04) após ser atacado por um enxame de abelhas as margens da BR-163, no município de Sonora.

De acordo com o Coxim Agora, ele trabalhava numa empresa terceirizada da CCR MSVia e realizava o serviço de limpeza nas margens rodovia quando foi atacado pelo enxame.

Além da vítima, outras duas pessoas ficaram feridas.

Roberto foi encaminhado ao Hospital Rachid Saldanha Derz, em Sonora, mas não resistiu a grande quantidade de toxinas injetadas pelas abelhas e morreu.

As abelhas africanas são conhecidas pela agressividade. Elas atacam em número maior e em apenas 30 segundos são capazes de injetar oito vezes mais toxinas em suas vítimas. 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

AJUDA DO GOVERNO
Auxílio emergencial: 5,6 milhões de pessoas recebem nesta terça-feira
DOURADOS NEWS PERGUNTA
Gestores sempre reclamam do pouco dinheiro repassado à Saúde em Dourados. Como resolver essa situação?
LOTERIA
Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 29 milhões nesta terça-feira
TV DOURADOS NEWS
No Executivo só existe algo de errado quando a Câmara, de alguma forma, é omissa, diz Lia Nogueira
FRONTEIRA
Cocaína avaliada em R$ 2,3 milhões é encontrada em fundo falso de carreta
SELVÍRIA
Câmara Municipal encerra inscrições para concurso com salários de até R$ 5 mil
MPT/MS
Guarda Mirim de Dourados é beneficiada com recursos trabalhistas
DIA DA VOTAÇÂO
Decreto autoriza uso das Forças Armadas nas eleições municipais
IVINHEMA
Polícia apreende 2,5 toneladas de maconha sob carga de milho
TEMPO
Terça-feira de sol com aumento de nebulosidade em Dourados

Mais Lidas

IDENTIFICADO
Vítima encontrada sem vida em bairro de Dourados tinha 17 anos
ACIDENTE
Criança de 3 anos se afoga em piscina de clube e socorristas tentam reanimação
DOURADOS
Homem é encontrado morto em frente residência no Parque das Nações I
ACIDENTE
Identificadas vítimas de capotamento na BR-267