Menu
Busca segunda, 06 de julho de 2020
(67) 99659-5905
RIO BRILHANTE

Homem morre afogado após se joga de tronco de árvore em rio

27 janeiro 2020 - 21h05Por Da Redação

Moisés Jerônimo da Silva, de 32 anos, morreu afogado enquanto se banhava no rio Vacaria, no município de Rio Brilhante. O corpo da vítima foi resgatado pelo Corpo de Bombeiros por volta das 11h30 desta segunda-feira, dia 27 de janeiro, e encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal).

De acordo com o site Maracaju Speed, a vítima estava na região do distrito de Aroeira, no domingo, quando decidiu pular na água, se jogando do tronco de uma árvore. Ele fez isso uma vez e, na segunda tentativa, acabou afundando. Ele ainda tentou pedir socorro, mas desapareceu nas águas.

Devido à dificuldade nas buscas, a equipe foi ao local pela manhã nesta segunda e, após quatro horas de buscas, encontraram a vítima em um local profundo. Usando uma corda, a equipe recolheu o corpo até a margem e acionou a Polícia Civil e a perícia, para que fosse feita análise no local.

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍCIA
Homem é executado com cinco tiros em comércio de Coxim
NIOAQUE
Motorista bêbado é preso após tentar fugir de abordagem policial
ECONOMIA
Dólar fecha em alta nesta segunda-feira e vai a R$ 5,35
DOURADOS
Homem é preso com maconha e diz ganhar R$ 2 mil por mês com tráfico
COMER BEM
Ganhar pizza durante um ano inteiro? Você pode!
DOURADOS
Pirão solidário vai ajudar na arrecadação de agasalhos a famílias carentes
INTERNET
Tráfego da internet brasileira na pandemia: quais foram os impactos?
NEGÓCIOS & CIA II
Entenda a jornada de compra de seus clientes
REGIÃO
Mulher é flagrada em ônibus com mercadorias contrabandeadas
DOURADINA
TJ mantém condenação de mulher que furtou loja de amiga

Mais Lidas

POLÍCIA
Assassinado no Izidro é secretário de Agricultura Familiar de Dourados
DOURADOS
Ex-funcionário é o suspeito de matar secretário de Agricultura
DOURADOS
Antes do crime, homem que matou secretário havia sido demitido por não usar máscara
DOURADOS
“Um amigo, um conselheiro”, diz Délia após assassinato de secretário