Menu
Busca segunda, 06 de julho de 2020
(67) 99659-5905
BONITO

Homem é preso tentando fugir logo após esfaquear rival

29 novembro 2019 - 10h15Por Da Redação

A Polícia Civil em Bonito, com o auxílio da Delegacia de Polícia de Sidrolândia, prendeu em flagrante, na manhã de quinta-feira (28), suspeito de tentativa de homicídio ocorrido na noite anterior na feira central da cidade.

A vítima, um homem de 42 anos, foi esfaqueada na região do abdômen e internada em estado grave no hospital da cidade, onde foi submetido a cirurgia de urgência.

Segundo os investigadores, o crime teria ocorrido devido a uma briga entre os envolvidos na saída da feira. Os fatos ainda estão sendo investigados.

Os investigadores de Bonito tomaram conhecimento de que o suspeito teria foragido em um ônibus comercial com destino a Campo Grande.

Policiais Civis de Sidrolândia conseguiram abordar o ônibus na BR-060 e efetuar a prisão do investigado, autuado em flagrante pelo crime de homicídio na forma tentada.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Carro que atingiu ciclista pega fogo após bater em árvore ao lado de Avenida
TRAGÉDIA
Ciclista morre após ser atropelado por carro na Avenida Marcelino Pires
INFORMAÇÃO
Especialista recomenda prazo de adaptação à Lei de Proteção de Dados
PANDEMIA
Rio de Janeiro registra 10.667 mortes por coronavírus
CAMPO GRANDE
Moradores da Capital realizam ação solidária e arregacam 1t de alimentos
ESPORTES
Flamengo vence com tranquilidade e se aproxima do título estadual
DOURADOS
Acusado de matar secretário em Dourados acaba preso em barreira sanitária
LUTO
Martha Rocha, 1ª Miss Brasil, morre em Niterói, no Rio de Janeiro
PANDEMIA
Brasil chega a 1,6 milhão de casos confirmados de coronavírus
ECONOMIA
Pesquisa mostra potencial para a expansão do home office

Mais Lidas

POLÍCIA
Assassinado no Izidro é secretário de Agricultura Familiar de Dourados
DOURADOS
Ex-funcionário é o suspeito de matar secretário de Agricultura
DOURADOS
Antes do crime, homem que matou secretário havia sido demitido por não usar máscara
DOURADOS
“Um amigo, um conselheiro”, diz Délia após assassinato de secretário